WhatsApp

Kit 5 Tenis Masculino Da Polo Open Original

Translate

A DIDAQUÉ

Sociedade das Ciências Antigas A Didaqué Introdução;Didaqué significa “instrução” ou "doutrina”. Trata-se de um catecismo cristão escrito entre 60 e 90 d.C. (talvez até antes da destruição do Templo de Jerusalém), provavelmente na Palestina ou na Síria. Trata-se, certamente, do "documento mais importante da era pós-apostólica, a mais antiga fonte de legislação eclesiástica que possuímos" (Qua sten). Ao que parece, é fruto da reunião de diversas fontes orais e escritas e que bem retratam a tradição das primeiras comunidades cristãs. Essa antiguidade explica porque algumas Igrejas chegaram a considerá-lo um escrito canônico.A Didaqué é um manual de religião ou, melhor di zendo, uma espécie de catecismo dos primeiros cristãos. Esse documento permite conhecer as origens do cristianismo, e principalmente dá uma idéia de como era a iniciação cristã, as celebrações, a organização e a vida das primeiras comunidades. O autor (ou autores) pertence ao meio judaico-cristão, e dirige seu ensinamento a comunidades formadas por convertidos vindos principalmente do paganismo. O conteúdo e o estilo da Didaqué lembram imediatamente muitos textos do Antigo e do Novo Testamento, bem como outros escritos criados do séc. I d.C. O tom e os temas de muitas exortações se parecem bastante com os da literatura sapiencial e diversos trechos dos evangelhos. Dessa forma, esse catecismo das comunidades da Igreja Primitiva é testemunho vivo de como os primeiros cristãos se alimentavam da Palavra de Deus contida nas Escrituras, transformando e interpretando os textos bíblicos em vista de suas necessidades e situações. A leitura da Didaqué faz logo sentir que as com unidades cristãs daquele tempo ainda não estavam completamente estruturadas. As comunidades não têm representante oficial fixo (padre ou vigário),os bispos e diáconos são mencionados de passagem,e não se sabe bem qais funções exerciam. Fala-se diversas vezes em “apóstolos, profetas e mestres", dando a impressão de que eram propriamente pregadores itinerantes a serviço de di versas comunidades. Por outro lado, nota-se que a liturgia é também muito simples e se resume a celebrações feitas em clima doméstico. Os sacramentos mencionados pertencem à iniciação cris tã - batismo, confissão e eucaristia - e parecem ser todos administrados pela comunidade e não por um membro do clero, ainda inexistente.Artigo – A Didaqué Sociedade das Ciências Antigas.Visível, contudo, do clima que a comunidade vive,dentro de uma sociedade estruturalmente pagã. A preocupação de não se confundir com o ambiente, de não se deixar manipular por aproveitadores oportunistas (até mesmo disfarçados de profetas), a esperança um pouco nervosa de umae scatologia próxima e o tema da perseverança heróica no caminho da fé são características dascomunidades nascentes, que ainda estão descobrindo sua vocação e missão no mundo.A Didaqué faz lembrar que a fonte inspiradora do comportamento, da oração e das celebrações é a Bíblia. Sobretudo, mostra que o cristianismo não é devoção individualista, mas um caminho comunitário em que todos os setores da vidae do comportamento devem ser penetrados pela Palavra de Deus e pela oração. Na sua simplic idade e profundidade, estimula a viver a vida cotidiana à luz do Evangelho vivo, dentro de um discernimento que frutifica em atos novos,geradores de fraternidade e comunhão. Escrita principalmente para os pagãos (nações), ela ainda salienta que o cristianismo não é uma redoma onde a comunidade se refugia, mas um fermento que se expande para transformar toda a sociedade. O documento está dividido em 4 partes, totalizando 16 capítulos. A DIDAQUE INSTRUÇÃO DOS DOZE APÓSTOLOS Capítulo I O CAMINHO DA VIDA E O CAMINHO DA MORTE 1.- Existem dois caminhos: o caminho da vida e o caminho da morte. Há uma grande diferença entre os dois.-2.Este é o caminho da vida: primeiro, ame a Deus que o criou; segundo, ame a seu próximo como a si mesmo. Não faça ao outro aquilo que você não quer que façam a você.3.Este é o ensinamento derivado dessas palavras: bendiga aqueles que o amaldiçoam, ore por seus inimigos e jejue por aqueles que o perseguem. Ora, se você ama aqueles que o amam, que,graça você merece? Os pagãos também não fazem o mesmo? Quanto a você, ame aqueles que o odeiam e assim você não terá nenhum inimigo.4. Não se deixe levar pelo instinto. Se alguém lhe bofeteia na face direita, ofereça-lhe também a outra face e assim você será perfeito. Se alguém o obriga a acompanhá-lo por um quilometro,acompanhe-o por dois. Se alguém lhe tira o manto,ofereça-lhe também a túnica. Se alguém toma alguma coisa que lhe pertence, não a peça de volta porque não é direito.5. Dê a quem lhe pede e não peças de volta, pois o Pai quer que os seus bens sejam dados a todos.Bem-aventurado aquele que dá conforme o mandamento pois será considerado inocente. Ai daquele que recebe: se pede por estar necessitado, será considerado inocente; mas se recebeu sem necessidade, prestará contas do motivo e da finalidade. Será posto na prisão e será interrogado sobre o que fez... e daí não sairá até que devolva o último centavo.6.Sobre isso também foi dito: que a sua esmola fique suando nas suas mãos até que você saiba para quem a está dando.Artigo – A Didaqué Sociedade das Ciências Antigas. 3 Capítulo II A Celebração Litúrgica 1- O segundo mandamento da instrução é:2. Não mate, não cometa adultério, não corrompa os jovens, não fornique, não roube, não pratique a magia nem a feitiçaria. Não mate a criança no seio de sua mãe e nem depois que ela tenha nascido.3-Não cobice os bens alheios, não cometa falso juramento, nem preste falso testemunho, não seja maldoso, nem vingativo.4.Não tenha duplo pensamento ou linguajar pois o duplo sentido é armadilha fatal. 5. A sua palavra não deve ser em vão, mas comprovada na prática.6. Não seja avarento, nem ladrão, nem fingido,nem malicioso, nem soberbo. Não planeje o mal contra o seu próximo.7.Não odeie a ninguém, mas corrija alguns, reze por outros e ame ainda aos outros, mais até do que a si mesmo. Capítulo III As raízes do mal e do bem 1.Filho procure evitar tudo aquilo que é mau e tudo que se parece com o mal.2.Não seja colérico porque a ira conduz à morte.Não seja ciumento também, nem briguento ou violento, pois o homicídio nasce de todas essas coisas. 3.Filho, não cobice as mulheres, pois a cobiça leva à fornicação. Evite falar palavras obscenas e olhar maliciosamente já que os adultérios surgem dessas coisas.4.Filho, não se aproxime da adivinhação porque ela leva à idolatria. Não pratique encantamentos,astrologia ou purificações, nem queira ver ou ouvir sobre isso, pois disso tudo nasce a idolatria.5.Filho, não seja mentiroso pois a mentira leva ao roubo. Não persiga o dinheiro nem cobice a fama porque os roubos nascem dessas coisas.6.Filho, não fale demais pois falar muito leva à blasfêmia. Não seja insolente, nem tenha mente perversa porque as blasfêmias nascem dessas coisas. 7.Seja manso, pois os mansos herdarão a terra.8.Seja paciente, misericordioso, sem maldade,tranqüilo e bondoso. Respeite sempre as palavras que você escutou.9.Não louve a si mesmo, nem se entregue à insolência. Não se junte com os poderosos, mas aproxima dos justos e pobres. Artigo – A Didaqué Sociedade das Ciências Antigas 1.- Celebre a Eucaristia assim:2.Diga primeiro sobre o cálice: "Nós te agradecemos, Pai nosso, por causa da santa vinha do teu servo Davi, que nos revelaste através do teu servo Jesus. A ti, glória para sempre". 3.Depois diga sobre o pão partido: "Nós te agradecemos, Pai nosso, por causa da vida e do conhecimento que nos revelaste através do teu servo Jesus. A ti, glória para sempre.4.Da mesma forma como este pão partido ha via sido semeado sobre as colinas e depois foi recolhido para se tornar um, assim também seja reunida a tua Igreja desde os confins da terra no teu Reino, porque teu é o poder e a glória, por Jesus Cristo, para sempre". 5.- Que ninguém coma nem beba da Eucaristia sem antes ter sido batizado em nome do Senhor pois sobre isso o Senhor disse: "Não dêem as coisas santas aos cães". Capítulo X 1.- Após ser saciado, agradeça assim: 2.- "Nós te agradecemos, Pai santo, por teu santo nome que fizeste habitar em nossos corações e pelo conhecimento, pela fé e imortalidade que nos revelaste através do teu servo Jesus. A ti, glória para sempre. 3.- Tu, Senhor onipotente, criaste todas as coisas por causa do teu nome e deste aos homens o prazer do alimento e da bebida, para que te agradeçam. A nós, porém, deste uma comida e uma bebida espiritual e uma vida eterna através do teu servo. 4.- Antes de tudo, te agradecemos porque és poderoso. A ti, glória para sempre.5.- Lembra-te, Senhor, da tua Igreja, livrando-a de todo o mal e aperfeiçoando-a no teu amor. Reúne dos quatro ventos esta Igreja santificada para o teu Reino que lhe preparaste, porque teu é o poder e a glória para sempre.6.- Que a tua graça venha e este mundo passe. Hosana ao Deus de Davi. Venha quem é fiel,converta-se quem é infiel. Maranatha. Amém."7.- Deixe os profetas agradecerem à vontade. Capítulo XI A VIDA em Comunidade 1.- Se vier alguém até você e ensinar tudo o que foi dito anteriormente, deve ser acolhido.2. Mas se aquele que ensina é perverso e ensinar outra doutrina para te destruir, não lhe dê atenção.No entanto, se ele ensina para estabelecer a justiça e conhecimento do Senhor, você deve acolhê-lo como se fosse o Senhor.3.Já quanto aos apóstolos e profetas, faça conforme o princípio do Evangelho. Todo apóstolo que vem até você deve ser recebido como o próprio Senhor.Artigo – A Didaqué Sociedade das Ciências Antigas.5.Ele não deve ficar mais que um dia ou, se necessário, mais outro. Se ficar três dias é um falso profeta.4. Ao partir, o apóstolo não deve levar nada a não ser o pão necessário para chegar ao lugar onde deve parar. Se pedir dinheiro é um falso profeta. 7.- Não ponha à prova nem julgue um profeta que fala tudo sob inspiração, pois todo pecado será perdoado, mas esse não será perdoado. 8Nem todo aquele que fala inspirado é profeta, a não ser que viva como o Senhor. É desse modo que você reconhece o falso e o verdadeiro profeta. 9.- Todo profeta que, sob inspiração, manda preparar a mesa não deve comer dela. Caso contrário é um falso profeta. 10.- Todo profeta que ensina a verdade mas não pratica o que ensina é um falso profeta. 11.- Todo profeta comprovado e verdadeiro, que age pelo mistério terreno da Igreja, mas que não ensina a fazer como ele faz não deverá ser julg ado por você; ele será julgado por Deus. Assim

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Responderemos a todos sempre que necessário.Obrigado pela visita ao site.

O Crente Pode Se Vestir Como Quiser? Não haverá traje de homem na mulher, e nem vestirá o homem roupa de mulher; porque, qualquer que faz isto, abominação é ao Senhor teu Deus. Deuteronômio 22:5

Quando lemos passagens como esta percebemos que Deus queria realmente proteger a sua criação de tomar rumos aos quais Ele não aprovaria. E ...