WhatsApp

Kit 5 Tenis Masculino Da Polo Open Original

Translate

O QUE É A MARCA DA BESTA?


A marca da besta
As passagens bíblicas que falam sobre a marca da Besta se encontram em Apocalipse 13.16-18; 14.9-11; 16.2; 19.20 e 20.4.
O propósito da marca está ligado diretamente ao comércio e à adoração, e todos aqueles que a receberem terão o mesmo tipo de marca.
Segundo Apocalipse 13.16- 18, durante a Tribulação, as pessoas serão obrigadas a usar a marca (gr. charagma) ou o nome da Besta para poderem “comprar ou vender”,conforme os profetas profetizaram
(Ah! porque aquele dia é tão grande, que não houve outro semelhante; e é tempo de angústia para Jacó; ele, porém, será salvo dela. Jeremias 30:7)
(E ele firmará aliança com muitos por uma semana; e na metade da semana fará cessar o sacrifício e a oblação; e sobre a asa das abominações virá o assolador, e isso até à consumação; e o que está determinado será derramado sobre o assolador. Daniel 9:27),e para poderem realizar qualquer transação comercial.
Todos os negócios, públicos ou privados, exigirão que as partes possuam esta marca.
 Os que se recusarem a recebê-la, passarão por grandes dificuldades, perseguições e morte.
Segundo Apocalipse 13.16, a marca, um sinal de lealdade, estender-se-á por todas as partes da sociedade.
João utiliza três classes de pessoas, para enfatizar isto: os pequenos e os grandes, os ricos e os pobres, os livres e os escravos.
Todas as categorias culturais e camadas sociais serão atingidas. Diante de Deus ou de Satanás, não existem favoritos e não há nenhuma distinção entre abastados e desfavorecidos.
  0 PROPÓSITO DA MARCA.
A marca será a contrapartida de Satanás para o “selo” que Deus dá aos crentes em Apocalipse 7.2-4- Assim como os 144.000 são, no capítulo 7, selados na fronte para receber proteção divina, também os ímpios, no capítulo 13, são marcados ou selados para receber o favor e a proteção do anticristo.
O selo posto na fronte das 144.000 testemunhas é muito provavelmente invisível, até mesmo para protegê- los contra o Anticristo.
 A palavra utilizada para “selo” não é a mesma utilizada para“marca”.
 Como tudo que o Anticristo faz,a marca da Besta é um arremedo e uma zombaria.
 Pode também ser uma imitação da ordem dada por Deus em Deuteronômio 6.8, para que os judeus atassem o shema à mão e à fronte (embora o utilizassem na mão esquerda ao invés de na direita). Além disso, em Ezequiel 9.4, Deus manda que todos os homens pesarosos pela idolatria da nação tragam a letra hebraica tau marcada na testa.
Isto significava que aquelas pessoas haviam voltado a pertencer ao Senhor.
Por isso vemos, aqui em Apocalipse, Satanás mais uma vez imitando, arremedando e zombando das ações de Deus.
Receber a marca significará a devoção e o compromisso da pessoa com o Anticristo.
A pessoa estará confirmando crer que satanás, e não Deus, é a suprema divindade.
] Esta marca será um sinal visível (no indivíduo) do imenso poder, da autoridade e do domínio exercidos pelo Anticristo.
Segundo Apocalipse 20.4, milhares de pessoas recusarão receber a marca e, em conseqüência, serão decapitadas.
 Estes mártires da Tribulação ressuscitarão com a segunda vinda de Cristo ao fim dos sete anos e reinarão com ele durante o Milênio.9.4 utiliza a palavra “marca" de forma bastante semelhante a Apocalipse:
"E disse-lhe o Senhor: Passa pelo meio da cidade,  pelo meio de Jerusalém, e marca com um sinal as testas dos homens que suspiram e que gemem por causa de todas as abominações que se cometem no meio dela” (grifo do autor).
Em Ezequiel, a marca é posta à fronte, o que prenuncia o uso que João faz do termo em Apocalipse.Todas as sete ocorrências da palavra grega para “marca” aparecem em Apocalipse e referem-se à “marca da besta”.
 Fizeram-se as mais diversas sugestões acerca da natureza desta marca: um brasão oficial, filactérios, a letra X, que corresponde à letra grega com que começa o nome de Cristo,uma marca invisível (ou algum tipo de dispositivo tecnológico, como um implante de microchip), ou uma escarificação. As tatuagens religiosas eram bastante populares no Império Romano e no mundo antigo. Não raro, os fiéis de um determinado deus ou deusa eram marcados ou ferreteados para demonstrar sua devoção. O terceiro livro de Macabeus 2.29 fala sobre Ptolemeu Filopator (222— 205 a.C.), que marcou os judeus com uma folha de hera, símbolo da adoração a Dioniso..
 A palavra]“marca” também era utilizada para a imagem ou o nome do imperador nas moedas romanas, e para os selos que eram afixados em documentos oficiais (Mounce, p. 262).
De forma semelhante, soldados capturados em batalha e escravos rebeldes eram muitas vezes ferreteados ou marcados.
 Nada disso é exatamente igual ao que está descrito em Apocalipse, mas tais exemplos demonstram que o conceito era bastante conhecido.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Responderemos a todos sempre que necessário.Obrigado pela visita ao site.

O Crente Pode Se Vestir Como Quiser? Não haverá traje de homem na mulher, e nem vestirá o homem roupa de mulher; porque, qualquer que faz isto, abominação é ao Senhor teu Deus. Deuteronômio 22:5

Quando lemos passagens como esta percebemos que Deus queria realmente proteger a sua criação de tomar rumos aos quais Ele não aprovaria. E ...