WhatsApp

Translate

Reunião na Terra Prometida no Final dos Tempos / Ezequiel 20.33-38.

Em primeiro lugar, eles deviam receber a Lei de Moisés. Em seguida, deviam erguer um Tabernáculo, por meio do qual cumpririam a maior parte da Lei. Após cumprirem estas duas condições, eles se voltariam então para a Terra Prometida. O povo, contudo, rebelou-se e murmurou contra o Senhor. No oásis de Cades-Barnéia, que ficava nos limites da Terra Prometida, Deus julgou seu povo.  Todo o povo que saíra do Egito agora teria de continuar vagando pelo deserto por quarenta anos.  Todos morreriam no deserto, com exceção dos dois espias fiéis e também aqueles com menos de vinte anos de idade. Israel tornou-se uma nação de homens livres, nascidos não sob a escravidão, mas no deserto.

Reunião na Terra Prometida no final dos tempos /  Ezequiel 20.33-38.
 Nestes versículos, Ezequiel compara tal reunião com o êxodo, quando Deus tirou toda a nação da terra do Egito para o deserto na península do Sinai. O plano de Deus para Israel no Sinai tinha dois objetivos. Em primeiro lugar, eles deviam receber a Lei de Moisés. Em seguida, deviam erguer um Tabernáculo, por meio do qual cumpririam a maior parte da Lei. Após cumprirem estas duas condições, eles se voltariam então para a Terra Prometida. O povo, contudo, rebelou-se e murmurou contra o Senhor. No oásis de Cades-Barnéia, que ficava nos limites da Terra Prometida, Deus julgou seu povo.
 Todo o povo que saíra do Egito agora teria de continuar vagando pelo deserto por quarenta anos.
Todos morreriam no deserto, com exceção dos dois espias fiéis e também aqueles com menos de vinte anos de idade. Israel tornou-se uma nação de homens livres, nascidos não sob a escravidão, mas no deserto.
Este momento histórlco apresenta-nos o contexto dos eventos futuros.
 Ezequiel profetiza que, dessa vez que num futuro relativamente próximo, Deus reunirá seu povo de todas as partes do mundo.  Serão reunidos por causa da ira e para a ira.  Deus reuniu os judeus por meio da ira do Holocausto. Os eventos do Holocausto nazista, em que morreram cerca de seis milhões de judeus, criaram as condições mundiais para que Israel se tomasse um Estado livre.
 Criaram-se as condições para uma união sem fé, e assim eles se reuniram para um futuro tempo de ira. Neste futuro tempo de ira, Deus mais uma vez julgará seu povo e extirpará os rebeldes de seu meio. Os que sobreviverem se voltarão para Deus. Com eles, Deus firmará “uma aliança”
— Especificamente uma “Nova Aliança” (Jr 31.31-34).
A nação de Israel será salva.
Ela então será uma nova nação, regenerada, que entrará na Terra Prometida sob o comando de seu Rei e Messias para a restauração final. Portanto, nestes versículos, Ezequiel claramente descreve uma reunião mundial sem fé, causada pela ira e preparada para a ira, a qual conduzirá o povo judeu a um específico período de juízos que, por sua vez, levará à salvação e restauração de toda a nação.
Reunião será em Jerusalém Ezequiel 22.17-22.
 Ezequiel volta a descrever uma reunião do povo, desta vez em Jerusalém.
 E mais uma vez uma reunião de ímpios, pois Israel está tomada pelas impurezas dos ídolos  “bronze, e estanho, e ferro, e chumbo”. Reúnem- se para um futuro período de ira, quando Deus os derreterá e purificará. Como uma nação fiel e purificada, eles tornar-se-ão para o Senhor. Ezequiel mais uma vez fala sobre uma reunião mundial de ímpios para um juízo futuro específico.
Dessa vez, porém, o propósito do juízo é levar Israel a um arrependimento nacional. Somente então Israel expermentará, pela fé, uma naçãorestaurada no final visto por  em todo o mundo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Responderemos a todos sempre que necessário.Obrigado pela visita ao site.

Como Será Os últimos Dias ? A Vinda De Cristo.

Várias expressões na Bíblia Aponta para os tempos finais desse sistema antes da volta de Jesus. Muitas vezes chamamos de os últimos dias, úl...