WhatsApp

Translate

CURAS E MARAVILHAS NA IGREJA ?

Curas Divina
                                                                                                                                                                  AO FALAR DESTE ASSUNTO,EU SUGIRO QUE VOCÊ ESTEJA PREPARADO,ISSO TEM NOVENTA POR CENTO DE CHANCE DE ESTAR ACONTECENDO POR AÍ
JESUS CRISTO CURA ABENÇOA E DE GRAÇA,TAMBÉM DA DONS ESPECIAIS.
.Não vamos falar sobre elas apenas sob um ponto de vista.
   Vamos começar do princípio e tornar tudo claro vendo o que a Bíblia diz sobre o assunto das línguas (o que elas chamam de “carismático”).
  Ora, o termo “carismático” é uma palavra grega e você já deve ter conhecido alguém fazendo a maior confusão, quando tenta puxar o seu grego.
 “Carismático” vem da palavra grega “charisma” que significa “dom”. 
Isso quer dizer que as pessoas que afirmam ser “carismáticas”, afirmam possuir dons que vocês não possuem.
 Veja agora como isso é interessante.
Abram suas Bíblias e leiam Provérbios 25:14:
 “Como nuvens e ventos que não trazem chuva,assim é o homem que se gaba falsamente de dádivas”.
   Então se alguém afirma possuir um dom que eu ou outra pessoa qualquer não possua, ele está se valorizando muito (quero dizer, está tentando se mostrar humilde sobre o assunto, quando diz:
  “Ó,não quero dizer isso e aquilo...). Quando ele é “carismático” afirma ser dotado e se contudo não afirmar isso mesmo, então é um hipócrita.
  Isso é o que significa a palavra “carismático”.
   Mas não vamos discutir o que você acha que esta significa porque não é este o caso.
   Ela significa “dom” ou “dotado”.
As pessoas costumam falar de algum político tendo “carisma”.
  Elas querem dizer que ele é “dotado” com a capacidade de fazer algo.
   Se alguém professa ser “carismático”, está afirmando ser “dotado”.
   Vamos ler Provérbios 25:14 novamente: “Como nuvens e ventos que não trazem chuva, assim é o homem que se gaba falsamente de dádivas”.
  Tudo bem, que se tenha um dom, mas quem se gabe de um falso dom, isto é, se você se gaba de possuir algo que realmente não possui, você sabe com quem se parece?
    Com Provérbios 25:14.
     Não existe coisa melhor neste mundo do que ler a Bíblia. 
Vivemos num país de pessoas com educação secundária que têm medo de abrir suas Bíblias.
Morrem de medo de fazê-lo.
 Sei o que é isso.
Parece com a primeira vez em que eu a abri.
 Morri de medo, mas porque não era salvo ainda.
Quem é salvo sempre está de bem com este LIVRO.
Em Provérbios 25:14 lemos que se alguém se gaba de um falso dom é como nuvens que não trazem chuva.Você já viu uma seca castigando o país com as pessoas orando por chuvas, enquanto as colheitas ficam torrando?
    Certo dia acontece um trovão e todos os fazendeiros começam a agradecer a Deus por uma boa chuva.
   Relampeia e troveja, ouvem-se os trovões ribombando e... nada de chuva.
  É a exata descrição da pessoa que se gaba de um dom que não possui.
  O que você iria pensar de mim se eu dissesse que vou pintar um quadro e fizesse algo semelhante a Picasso, Miro, Pollock – esses camaradas?
  Se eu fizesse uma porção de linhas aqui e ali e alguns borrões, cuspisse em cima e esfregasse o meu polegar, você ficaria um bocado decepcionado, não é? Pois essa gente que professa ter dons que não tem,é mentirosa.
   Certa vez duas pessoas de cor estavam conversando.
   Uma delas perguntou: “onde foi que você aprendeu a cantar?”
   A outra respondeu: “Aprendi a cantar por correspondência”.
 “Então houve um bocado de cartas extraviadas nessa correspondência”.
  Certa vez um cara estava se gabando de possuir uma banda.
  Ele dizia ser uma banda de três peças.
  Então alguém lhe perguntou: “Como assim?”
  Ele respondeu: “Um órgão, um prato e um macaco”.
  Era essa a banda de três peças.
  Então, quando essas pessoas se gabam de ter um dom, elas são como tempestade sem chuva.
  Você olha para elas em busca de alguma coisa e só encontra ar quente.
    O que marca o movimento carismático moderno na América é a incapacidade dos seus crentes de lidar com as verdades doutrinárias.
  Nas cartas a Timóteo, Paulo menciona doutrina e sã doutrina mais de quinze vezes. “Tem cuidado de ti mesmo e da doutrina.
    Persevera nestas coisas...” (1 Timóteo 4:16).
O que distingue os carismáticos em do crente salvo,é o fato deles não conseguirem sentar pelo menos cinco minutos com a Bíblia aberta, a fim de estudar a sã doutrina.
 Existe algo errado quando alguém não consegue fazer isso.
 Quem não consegue sentar à mesa, abrir a sua Bíblia, ler versos da mesma para ver o que Deus tem a lhe falar, tem algo errado em sua vida pessoal.
      Existe um velho ditado que diz: “Ou meus pecados me afastarão deste Livro ou este Livro me afastará dos meus pecados”. Quando se encontra uma turma de cristãos com medo de ler a Bíblia é porque eles têm sujeira grossa em suas vidas.
 Existe toda espécie de álibi para o caso de você não estar andando na linha com Deus. Contudo se você está bem com Ele, é certo que ama a sua Palavra. Não estou falando em ser perdido ou salvo. Não estou falando de pessoas salvas.
   Quando se chega ao povo do Sul – mesmo àquelas pessoas que nada sabem de Bíblia – notamos que elas têm uma noção intuitiva sobre o conteúdo da mesma. Essa é a razão porque as pessoas preferem deixar as coisas como estão.
   Temem não conseguir entrar na linha conforme a Bíblia ordena, pois isto não combina com o que imaginam conhecer.
  Então essa é a primeira coisa a respeito dos falsos dons. Em seguida vamos mostrar um verso na Bíblia que diz o que as línguas são. Leiamos 1 Coríntios 14:22-a:
   “De sorte que as línguas são um sinal, não para os iéis, mas para os infiéis...” não existe um só pregador holliness nesta cidade que tenha, uma vez sequer, citado este verso para explicar o que as línguas são.
   Não há uma Assembléia de Deus, Igreja de Deus, pregador pentecostal nesta cidade que tenha coragem de citar este verso pública ou particularmente e sabem por que?
Porque ele diz o que as línguas são. Leiamos novamente “de sorte que as línguas são um sinal...”
 Aqui vemos que as línguas não são exatamente um dom, elas são um sinal. Está claro? Vamos à Bíblia e leiamos 1 Coríntios 1:22:
“Porque os judeus pedem sinal, e os gregos buscam sabedoria”. Aqui descobrimos a quem se destinavam os sinais. Agora você já sabe o que as línguas são.
  Elas são um sinal. 1 Coríntios 14:22 prossegue afirmando que elas são um sinal para os infiéis. Então, para quem são estes sinais? Os gregos buscam sabedoria e os judeus pedem sinais.
Não vá sair por aí dizendo que Peter Ruckman ensina... Ruckman...Ruckman... algumas pessoas nesta cidade sofrem de ruckmania.
    Estão contaminadas, mas o problema delas não é comigo e com o LIVRO. Este Livro diz que “...as línguas são um sinal”.
Esta mesma Bíblia também diz que “os judeus pedem sinais”. Se vocês não conseguem entender isso é porque existe algo errado com suas cabeças. Isto é inglês do sexto grau. “Os judeus pedem sinais e as línguas são um sinal”.
   Se você ainda não conseguiu entender isto então é porque ainda não saiu do curso primário. Se alguém quiser falar sobre sinais, então vai ter de falar dos judeus porque “os judeus pedem sinais”.Quando Jesus ressurgiu dos mortos ele falou aos seus discípulos:
   “Quem crer e for batizado será salvo;mas quem não crer será condenado. E estes sinais seguirão aos que crerem: em meu nome expulsarão os demônios;
  falarão novas línguas” (Marcos 16:16-17). Sinais, sinais e sinais. E por que? Porque todos eles eram judeus – circuncidados, abstentos de porco, adoradores do sábado.
    Vamos à Bíblia e leiamos Êxodo 4.
  Antes de tudo vamos falar da origem das línguas (não queremos ir diretamente a este assunto, antes de irmos diretamente às sua origens. Se temos de descobrir onde as línguas começaram, temos de entender antes os sinais.
   Para entender os sinais, temos de estudar os judeus porque os judeus pedem sinais). Voltemos a Êxodo 4:8,9: “E acontecerá que, se eles não te crerem, nem ouvirem a voz do primeiro sinal, crerão à voz do derradeiro sinal;
 e se acontecer que ainda não creiam a estes dois sinais, nem ouvirem a tua voz, tomarás das águas do rio, e as derramarás na terra seca; e as águas, que tomarás do rio, tornar se-ão em sangue sobre a terra seca”.
   Aqui está um homem que retirou os judeus do Egito.
    Ele é o pai da teocracia judaica, Moisés. Moisés foi o seu libertador, tendo sido enviado ao Egito para de lá retirar o povo de Israel.
   A nação de Israel começou com Moisés, ela não começou com Abraão, Isaque e Jacó.
 Estes foram os patriarcas e em seu tempo os israelitas eram apenas um povo nômade e nada mais.
    A nação de Israel começou com Moisés, o grande líder convocando o povo a sair da terra do Egito. Ele os chama e conduz através do deserto.
    Quando Deus convocou esse Moisés, ele ficou um tempão discutindo sobre essa chamada, argumentando com Deus que não podia falar isso nem aquilo. “E o Senhor disse-lhe: Que é isso na tua mão?
  E ele disse: Uma vara. E ele disse: Lança-a na terra. Ele a lançou na terra, e tornou-se em cobra...” (Êxodo 4:2,3). A seguir, nos versos 6 e 7 “...disse-lhe mais o Senhor: Põe agora a tua mão no teu seio. E, tirando-a, eis que a sua mão estava leprosa, branca como a neve. E disse:
   Torna a por a tua mão no teu seio.
   E tornou a colocar sua mão no seu seio; depois tirou-a do seu seio, e eis que se tornara como a sua carne”.
 Moisés ficara doente. Ele foi o primeiro homem que ficou doente na Bíblia. Ninguém adoeceu antes dele.
Quando ele colocou a mão no seio pela segunda vez e a retirou, ela estava como a sua carne, portanto Moisés estava curado.
   Os sinais de cura começam com Moisés. O primeiro homem a ficar doente foi um judeu. E para que?
 Abra a sua Bíblia e leia em Êxodo 4:30: “E Arão falou todas as palavras que o Senhor falara a Moisés e fez os sinais perante os olhos do povo”.
     Por causa desses sinais o povo creu, baixou a cabeça e adorou o Senhor. Entendeu? O primeiro sinal apresentado na Bíblia foi o da cura e este sinal foi destinado aos judeus.
    Esses sinais começaram na teoria judaica porque “os judeus pedem sinais”.
   Os judeus têm o direito de pedir sinais porque a história de sua nação começou com sinais. Um desses sinais foi a cura de Moisés, um sinal de cura para os judeus. Esta é a razão porque, quando você encontra dons através do Novo Testamento na 1 Coríntios 12,falando deste e daquele dom é que Paulo diz: “dons de curar”.
    Ora eu creio que Deus cura. Jamais encontrei sequer um ministro batista em minha vida, no meio da turma que freqüento (e essa turma é constituída de batistas cristãos bíblicos), que não creia em cura. Porém esses batistas, crentes bíblicos não crêem em “dons de curar” conforme dados aos judeus, pelo seguinte:
  1. Não somos judeus. 2. Não estamos pregando para judeus. 3. Não pedimos sinais (geração adúltera e perversa...) Veja bem: não acreditamos em curandeiros.
   Não temos fé em curandeiros, mas acreditamos em curas.As pessoas ficam transtornadas quando falamos desse modo e dizem:
    “Ora, não me interessa o que você diz.
  Achamos que Deus ainda cura”. Ora, seu alterador da palavra. Eu não falei isso. Já vi Deus curar até o meu cachorro.
   Tenho dois pastores alemães e já vi Deus curá-los. Quando um dos meus pastores alemães adoece, oro por ele. Já os vi ser atropelados por um carro, ficaram pálidos na pista movendo aboca, na iminência da morte.
   Então orei por eles e eles ficaram bem.
  Não há um só membro da minha família por quem eu tenha orado que não tenha sido curado. Creio na cura.
   Mas não levo minha família para uma tenda onde deve entrar numa fila, conseguir uma senha ou se postar diante de um órgão com flashes sobre o rosto, e por aí a fora. Então quero indagar: para que percorrer todo esse caminho árduo meu irmão?
    Então, os sinais principiaram com Israel, e Moisés teve o sinal de cura. Se você pensar nisso, se os sinais começaram com Israel, será que ninguém ficou doente antes desse tempo?
    Pegue sua Bíblia e vá para Êxodo 15:26.
    Pegue agora, sem levar em conta o que falo. Você vai sair e alguém vai citar algo mais para você. Mal haviam eles chegado ao Egito, quando o Senhor lhes falou.
     Ele disse em Êxodo 15:26
   “...se ouvires atento a voz do Senhor teu Deus, e fizeres o que é reto diante de seus olhos, e inclinares os teus ouvidos aos seus mandamentos, e guardares todos os seus estatutos,nenhuma das enfermidades porei sobre ti, que pus sobre o Egito;
   porque eu sou o SENHOR que te sara”. Você deve olhar cuidadosamente para este verso. Por acaso viu qualquer coisa aí que fale sobre a fé?
    Você vê qualquer coisa aí falando sobre impor as mãos? Você vê qualquer coisa aí a respeito de oração?
   Ora,homem, isso é pura obra. Se você fizer isso e aquilo eu o curarei, “pois eu sou o Senhor que te sara”.Quando entregou aqueles sinais a Moisés, como sinais para a nação de Israel, porque “os judeus pedem sinais”, o sinal da cura tinha a ver com obediência a Deus, fazendo o que Ele ordenava. Então, o que seria mais tolo ou trágico do que um cristão enfermo pedir fé para ser curado?
    O que poderia ser mais triste do que ver cristãos andando no país para cima e para baixo, entrando em filas de cura, pedindo a Deus para curá-los, e tentando ter fé suficiente, crer que tudo é possível ao que crê e lembrar que “Jesus Cristo é o mesmo, ontem, e hoje,e eternamente” (Hebreus 13:8), “ter fé suficiente”, “crer que tudo é possível ao que crê”?
      O curandeiro se levanta e diz: “Você, espírito imundo, eu liberto esta pessoa do espírito da enfermidade. Eu a livro do demônio da pobreza”.
    O que poderia ser mais idiota do que isso?
     Você pode imaginar um cristão que não dá testemunho nem distribui folhetos, fazendo isso ? Como você acha que vai oferecer essas coisas se é um filho desobediente a Deus? Por que essa gente não dá testemunho?
     Tudo que faz é argumentar a respeito de línguas, sem dar qualquer testemunho.
Vou lhe perguntar uma coisa: quando foi a última vez em que alguém apontou o dedo contra você, dizendo-lhe que se você não se arrepender de seus pecados e confiar em Jesus Cristo, vai queimar no inferno?
 Quantos de vocês já tiveram oportunidade de falar isso com alguém?
     Como vê,essa gente não dá testemunho a você.
 Esses homens não estão tentando salvá-lo.
Só querem que você aceite aquilo em que eles acreditam.
 Então, esses sinais começaram com Israel e o que poderia ser mais tolo do que um cristão falar em ser curado, enquanto está desobedecendo a Deus e deixando de fazer o que ele lhe ordena?
    Não sou tão idiota a ponto de pensar que toda a moléstia proceda do diabo e nem tão idiota a ponto de pensar que toda a doença é fruto da desobediência.
    Sou mais equilibrado do que isso.Tenho um amigo em Cristo que ficou horrivelmente queimado há alguns anos atrás. Enfrentou toda sorte de problema, tentando ser curado e restaurado,diz o Doutor.
   O Senhor operou nele e o curou maravilhosa e miraculosamente.
   Lembro-me de algumas vezes em que o vi.
   Achei que não viveria três meses. Ora o que ele teve foi um grupo de cristãos orando e Deus operou um milagre nele.
   Ele não foi curado saindo por aí e pegando seu dinheiro, sua pensão, seguro ou aposentadoria e remetendo-os para um desses charlatães poe aí.
 Ele conseguiu a cura confiando e esperando em Deus. Muito bem, agora que já falamos sobre a origem dos sinais, vamos falar da história dos sinais.
 Pegue a sua Bíblia e abra em Deuteronômio 18:18.
Agora você já entendeu que “os judeus pedem sinais”, porque sua nação começou com sinais. Um judeu tem o direito de esperar pelos sinais. Sua origem nacional foi com sinais e milagres, como a travessia do Mar Vermelho, e assim por diante.
   Vejamos Deuteronômio 18:18-19: “Eis que lhes suscitarei um profeta do meio de seus irmãos, como tu, e porei as minhas palavras na sua boca, e ele lhes falará tudo o que eu lhe ordenar. E será que qualquer que não ouvir as minhas palavras, que ele falar em meu nome, eu o requererei dele”.
   Aqui o Senhor está falando através de Moisés. Em seguida Moisés diz aos filhos de Israel que lhes suscitaria um profeta semelhante a ele, conforme vimos acima. Olhe para esse profeta em Deuteronômio 18:19.
 Você não sabe que na sua Bíblia King James essa palavra Profeta, está escrita com p maiúsculo? E você sabe por que?
   Porque esse Profeta é Jesus Cristo. Quando João (Batista) se apresentou em João 1:19-27 os judeus indagaram: “...és tu Elias? És tu profeta?” João respondeu: “Não sou”.Jesus aparece e é um profeta semelhante a Moisés e se ele é um profeta semelhante a Moisés, então precisa ter os mesmos sinais de Moisés. Quando Jesus aparece, ele tem os mesmos sinais de Moisés. Ele é o segundo Moisés e o sucessor de Moisés.
  Ele é chamado para tirar os judeus da escravidão. O Senhor Jesus é um tipo de Moisés o qual fora enviado para contestar o Faraó e retirar os judeus. No caso de Jesus Cristo ele é chamado para libertar a nação de Israel e tornar livre os israelitas.Quando Jesus vem, ele tem sinais?
   Pegue a sua Bíblia e vá a Marcos 6:4-6:
    “E Jesus lhes dizia: Não há profeta sem honra senão na sua pátria, entre os seus parentes, e na sua casa. E não podia fazer ali obras maravilhosas; somente curou alguns poucos enfermos impondo-lhes, as mãos. E estava admirado da incredulidade deles.
   E percorreu as aldeias vizinhas, ensinando”.Olhe especialmente o verso 5. Foram essas as pessoas curadas. Você vê como as pessoas pegam suas bíblias e fazem a maior confusão? Elas dizem: “Você tem fé para ser curado?”
    Aquela turma de Marcos 6 não tinha fé em coisa alguma. Tudo que Jesus fez foi curá-la. Ele andou por lá, impôs as mãos sobre alguns doentes e não podia fazer ali obras maravilhosas, por causa da descrença deles. Sabe o que isso lhe mostra? Que se você tiver os dons de curar pode impor as mãos sobre um companheiro que este será curado mesmo que não tenha fé. Isso jamais falhou com Jesus Cristo.
  Pegue a sua Bíblia e vá até Atos 5:16.
   Vou-lhe dizer que se você tem os dons de curar, conforme estão na Bíblia, não precisa se preocupar com pessoas que “dependem de sua fé e emoções”, da liberação da fé, do derramar do Espírito e de todas aquelas armadilhas profanas, pagãs, irreverentes e blasfemas. Se você tem o dom de curar e impuser as mãos sobre alguém, ele se levantará.
    Em Atos 5:15,16, Pedro cura uma porção de gente, ao permitir que sua sombra passe sobre as pessoas. E a cura? Não diz que ele “curou cada uma”.
     Ele curou um por um sem fracasso, sem rodeios, sem voltinhas e sem pés molhados. Pegue sua Bíblia e vá até Mateus 4:23,24:
    “E percorria Jesus toda a Galiléia,ensinando nas suas sinagogas e pregando o evangelho do reino, e curando todas as enfermidades e moléstias entre o povo.
    E a sua fama correu por toda a Síria, e traziam-lhe todos os que padeciam, acometidos de várias enfermidades e tormentos, os endemoninhados, os lunáticos, e os paralíticos, e ele os curava”. Note que quando Jesus Cristo cura, a cura é completa.
   Não há falha.
    Você não precisa ir a lugar nenhum e ficar pendurado aguardando uma cura.
    Não há lugar para onde você tenha de voltar e se rededicar.
 Não é lá.
    Em Mateus 4:23-24 o Senhor vem para curar, olha a lista e cura todos e todos são curados.
    Não há coisas assim como casos difíceis e casos simples.
    Se você tem os dons de curar – que alguns carismáticos afirmam ter (logo chegaremos as línguas), quando impuser as mãos sobre uma pessoa ela ficará boa.
     Não haverá fracasso. Todas vão ficar curadas. Você já ouviu essas pessoas holiness andar por aí dizendo Hebreus 13:8? Já os ouviu dizendo:
    “Na verdade, na verdade vos digo que aquele que crê em mim também fará as obras que eu faço, e as fará maiores do que estas, porque eu vou para meu Pai” (João 14:12)?
     Quando foi a última vez em que você viu um curandeiro colocar de volta a orelha de um sujeito? Sabe o que aconteceu no Jardim do Getsêmani?
     Certa noite, os soldados chegaram para prender Jesus. Pedro ficou transtornado pegou a espada cortando a orelha de um deles atirando-a ao chão.
     O Senhor Jesus tocou aquela orelha (coisa que podia ser vista), e a colocoude volta no lugar. Aposto que vocês jamais viram uma coisa assim numa dessas filas de cura. Alguém diz:
     “Vi esta mulher com um bócio; ela orou e o bócio desapareceu”. Claro! Mas aposto que você não leu a respeito disso mais tarde quando alguém a flagrou num grande escândalo a respeito de cura, descobrindo que ela tinha uma espécie de bócio plástico sob a gola do vestido e uma calça cheia de ar sob o vestido. Você leu?
    Você deveria ler os jornais. Ela usava um balão no pescoço. Então, quando o “milagre” acontecia, ela abria uma válvula e deixava escapar o ar. Agora alguém vai dizer: “Ora, isso aconteceu diante dos meus próprios olhos”! A televisão é uma coisa maravilhosa, hem?
    Alguém mais diz: “Ora eu tive um bócio que foi curado e não vou discutir sobre esse assunto”. Alguns de vocês estão cheios do diabo e sempre que digo uma coisa vocês ficam falando: “Eu acho... ainda acho...”
   Vocês não têm que achar coisa alguma. O que vocês realmente querem dizer é: “Não vou acreditar nesse Livro, se ele quer me matar”.
    Você diz isso porque quando crer no Livro logo terá problemas. Não seja engraçado. Sei muito bem o que acontece quando se crê nesse Livro.
     Alguns de vocês não sabem, embora tenham uma leve suspeita.Não afirmei que Deus não curou o povo nem disseque Deus não curou você.
    Não vá sair por aí mentindo a meu respeito, seu fofoqueiro. Entãoescute: “não fale isso... se você disser que falei vai se transformar no maior mentiroso dos dez condados, eu não falei. Eu só disse que você precisa ter cuidado com o Reverendo Ike, David Nunn, Brannam, Oral Roberts, e os atuais. Oral Roberts teve uma reunião em Mobile, Alabama, há uns vinte e cinco anos atrás. Surgiu uma ventaniazinha e derrubou sua tenda.
    Umas dezessete pessoas ficaram feridas, e sabe o que ele fez? Chamou uma ambulância! Não é absurdo, homem?
   Por que ele possuindo o dom de curar não foi até cada uma das pessoas feridas e as curou? Por que ele chamou uma ambulância?
     O caso é que o sujeito tinha um seguro para a tenda e todo aquele material.
    Ah! Vocês cristãos, se não andam conforme a Bíblia são como patos pousados sobre uma galeria de tiro ao alvo, aguardando que alguém os acerte.
    Certa vez, tivemos uma reunião em Pensacola e alguns desses charlatães chegaram e armaram suas tendas. Eu tinha um amigo em Bayn Minette, Alabama, que veio assistir a reunião.
   Ele olhou para a fila de cura e lá estavam sua irmã, uma prima e alguns parentes chegados. A irmã jogou logo as muletas no chão. Quando terminou a reunião.
    Ele perguntou-lhe: “O que você estava fazendo naquela fila? Você não é aleijada”. Ela respondeu: “Deram-me dez dólares.
   E estes foram os dez dólares mais fáceis que ganhei em toda a minha vida”. Então ele perguntou: “Como você pôde enganar aquela gente?”
   Ela respondeu: “Eu apenas os ajudei a ter fé”.
    Vejam em que época estamos vivendo meusirmãos! Imaginem alguém mentir para ajudar uma pessoa ter fé e ainda ser paga para isso!
   Isso é trapaça, é fraude. Prestem atenção. Jesus Cristo esteve na terra e tinha o poder de curar. Quando ele tocava em alguém, logo o curava.
  Não havia dúvida alguma sobre essas curas. As pessoas eram de fato curadas. Tudo bem, Jesus Cristo morreu, foi sepultado e ressurgiu dos mortos.
   Ele convocou os seus onze discípulos. Mais tarde Ele escolheu alguém para substituir Judas. Peque suas Bíblia e leia Marcos 16 e vejamos o que esses apóstolos fizeram ao serem chamados.
  Agora entendo que esses apóstolos tiveram o mesmo poder de Jesus Cristo e foram capazes de impor as mãos sobre as pessoas e curar todas elas.
   Vamos a Marcos 16:17.
   Não existe melhor cura para estupidez do que uma Bíblia King James. Temos nesta cidade pessoas formadas em colégios que são tão cegas como um morcego vindo de fora.
  Bem Marcos 16:17 diz: “E estes sinais seguirão aos que crerem: Em meu nome expulsarão os demônios; falarão novas línguas”.
   Os carismáticos adoram esta passagem! Vejamos o verso 18: “Pegarão nas serpentes; e, se beberem alguma coisa mortífera, não lhes fará dano algum; e porão as mãos sobre os enfermos, e os curarão”. Vejam que ninguém aqui está orando.
   Ninguém está fazendo coisa alguma. Aí você diz: “Mas lá em Tiago...” Não estamos falando sobre Tiago! Você vê o que essas pessoas estão tentando fazer? Eles fazem uma confusão com o Livro e complicam tudo, porque eles não querem que você o estude. Ele diz:
     “E a oração da fé salvará o doente, e o Senhor o levantará; e se houver cometido pecado pecados, ser-lhe-ão perdoados” (Tiago 5:15).
    Mas não é isso que o verso está dizendo. Esse verso fala que um daqueles dons para os judeus é um sinal e que esse sinal é o de cura. Cada pessoa que tem esse dom pode impor as mãos e o enfermo se levantará. Se você tem esse dom então faça-o.
       Aí você diz: “Você já encontrou um homem que tivesse esse dom?” Respondo: “Não, eu não encontrei”. Você pergunta: “Você já viu um homem afirmando ter esse dom?”
      Respondo: “Já”’ . Esses sujeitos dizem: “Quero dar toda a glória a Deus. Não sou eu quem cura. É o Senhor por meu intermédio. Sinto o poder percorrendo o meu braço direito. Eu era um rapazinho quando tive pólio e um dia minha mãe orou por mim.
      Então vi que tinha esse poder de...” Que tremendo mentiroso é você. Cale a boca! Vou lhe dizer uma coisa. Se Deus me tivesse dado o dom de curar, eu não estaria aqui, pregando numa Igreja aos domingos. Iria até o Hospital Batista e ao Hospital Sagrado Coração.
    Por que perder tempo na Igreja se tivesse um dom como esse? Imagina o número de pessoas que se poderia levar a Cristo usando esse poder. Imagine quantos cristãos seriam curados. O que se poderia estar fazendo na igreja?
      O que se poderia estar fazendo indo para cima e para baixo, em todo o país, numa Van, com uma tenda. “Jesus Cristo é o mesmo, ontem, e hoje, e eternamente” (Hebreus 13:8). Ei, filho, há um departamento de câncer, ali no Hospital da Flórida Ocidental e no Hospital Universitário.
     Vá para lá, moço. Por que enterrar o seu dom no campo? Se você tem esse talento por que não o usa?
     Ora, se eu tivesse o dom de curar, impondo as mãos sobre as pessoas, você acha que eu iria me preocupar em conseguir dinheiro para publicar meus livros?
      Você está brincando? Se eu tivesse o dom de curar, iria até Tampa, S. Petesburg, Orlando, onde todos aqueles ianques chegam para morrer. Eu procuraria uns quinze milionários. Teria mais dinheiro a ponto de não saber o que fazer durante vinte e quatro horas. Um sujeito diz: “Bem, você faria isso, mas eles não”.
      Ora, continue, continue. Você já foi a uma reunião de cura e observou todas aquelas ofertas? Eles não devem ter fé alguma.
     O sujeito gasta horas na rádio tentando aumentar a fé dos ouvintes, só para conseguir mais dinheiro. O que ele deveria fazer, então? Calar a boca e confiar que Deus supriria esse dinheiro. É duro constatar que o ouvinte do programa de rádio tem mais fé do que o que faz o programa. Certa vez fui a uma reunião de A. A. Allen, quando ele ainda era vivo.
        Aquele moço pobre e infeliz morreu embriagado. Sua autópsia revelou alcoolismo crônico e o seu coração estava inchado de tanto álcool. Ele vivia à custa de bolinhas e pílulas. Não estou zombando do fato que é uma tragédia.
      Ele morreu com apenas 55 anos de idade, bebendo e andando no país para cima e para baixo tentando dizer às pessoas o que fazer para “se libertar do pecado”. Ele mostrava ao povo como fazer para ser abençoado por Deus e “ter resposta às orações”.
     Não é uma coisa triste? Fui à reunião e ouvi-o pregar. Ele não vinha pregar antes que se passasse uma hora e meia.
      A primeira hora e meia era dedicada a coletar as ofertas. Primeiro era feita uma coleta para os hinários.
      Depois era a do dirigente do canto. Depois era a do caminhão. Eu soube que no final da reunião ainda havia uma coleta para a próxima reunião e ele prosseguia. Então falava:
    “Agora se você estiver possuído pelo demônio da pobreza, venha aqui para que eu ore por você”. (Isso era novidade para mim e até cheguei a pensar que tinha um).
     Ele disse: “Venham à frente” e uma porção de gente ia para receber oração e se livrar do “demônio da pobreza”. E sabem o que acontecia àqueles que iam à frente? Ele os faqueava por nova oferta e lhes extorquia tudo que possuíam!Quando as pessoas iam à frente. Ele indagava? - “Você é pobre?” Resposta: “Sim “Quer ficar rico?” Resposta:
       “Sim”.
     - Você acredita que Deus pode fazê-lo rico? Resposta:
     “Sim” - Mostre a Deus o que é capaz de fazer para provar a sua fé!
     - Amém! Glória a Deus Mostre a Deus o que é capaz de fazer, colocando na bandeja essa prova de fé. Você sabe o que acontece aqui em Pensacola?
      Temos uma estação de rádio que transmite 35 desses programas diariamente. Eles sempre falam nessas transmissões:
      “Tenha fé. Libere a sua fé”, o que significa: ponha dinheiro aqui neste programa.
    Tenho pregado no rádio, nesta cidade, durante cerca de 25 anos e jamais alguém me ouviu abrindo a boca, uma vez sequer, pedindo um centavo direta ou indiretamente, em quatro emissoras diferentes,diz o Dr. Peter S. Ruckman.
  Aí você pergunta;  “E por que não?” Respondo: “Porque tenho fé e creio que se Deus me quer pregando ali,
Ele vai me suprir o necessário. Se Ele não me quiser   ali, Ele vai me tirar”. A idéia de um sujeito estar ali falando sempre de “fé, fé, fé” é a de que ele nem sequer tem fé suficiente de que Deus vai conservá-lo no ar
Não é este o caso?  
Veja a passagem;
Eles impõem as mãos e os doentes se recuperam. Esses caras chegam à cidade e impõem as mãos sobre os enfermos, porém estes não são curados. 
Vamos dar como exemplo;
 minha empregada (de cor) Evelyn, (diz o Dr). 
Ela já está trabalhando conosco há cerca de 20 anos. 
Ela é salva,servindo a Deus  e crê no Livro. 
Quando ela voltava de uma fala do Brannam, contava de algumas daquelas pessoas que lá estavam: “Escute, Dr. Ruckman, aquele homem lá não está curando ninguém... Ele só os hipnotizou”. Então eu pensei:
 “Algumas dessas pessoas de cor têm mais juízo do que os brancos”.Ela dizia: “Irmão, Ruckman, por que aquela gente lá fica dando a pensão, seu cheque de pagamento e tudo o mais?
 Minha vizinha tinha a mão toda torta.
Foi lá e voltou dizendo que estava curada. Mas a mão está como era antes”. Eles a levaram a pensar
que a sua mão ficou certa, mas não era verdade.
Não vou discutir com você.
 Se você tem o seu curandeiro favorito que acha ser bom, Tervel, T. L. Osborne e alguns desses aí, não vou discutir com você.
   A velha Kathryn Kelman ficou doente.
 E o que ela fez?
 Foi para Tulsa, Oklahoma. Em quem estava lá? 
 Oral Roberts e T.L. Osborne. 
E sabe para onde ela foi quando chegou em Tulsa?
 Internou-se no Hospital Batista. Não é de admirar? Ali estavam os  três maiores curandeiros da América e nenhum deles convocou o outro para ser curado! Infelizmente ela faleceu, talvez por ter ido para o local errado.  
Todos os direitos reservados ao Dr Dr. Peter S. Ruckman.
Estudos traduzidos por: Mary Shultze.  

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Responderemos a todos sempre que necessário.Obrigado pela visita ao site.

Israel Na Grande Tribulação / O Holocausto Foi Mentira?

Israel sempre foi um povo sofrido, desde os tempos de Abraão, Isaque, e Jacó. Sua sobrevivência sempre esteve ameaçada por muitos povos vizi...