WhatsApp

Translate

A BÍBLIA FALA

A bíblia fala
A Bíblia Fala.
Por volta de 1050 a.C., Israel esteve ameaçado em sua existência; viu-se em perigo de perder os frutos de suas conquistas e o trabalho de sua
colonização de quase duzentos anos.
Com efeito, esteve até ameaçado de cair sob o jugo dos filisteus, em irremediável escravidão. Israel só poderia
enfrentar o terrível perigo se conseguisse apertar os frouxos laços que ligavam as diversas tribos.
Sob a pressão mortal do mundo que o cercava, Israel tornou-se uma nação.
 As formas de governo daquele tempo só permitiam uma possibilidade  o regime monárquico.
A escolha recaiu
sobre Saul, um benjaminita, famoso por sua valentia e sua grande estatura (Samuel I 9.2), e essa escolha foi prudente, porque Saul pertencia à tribo mais fraca (Samuel I 9.21) e, assim, as outras tribos não teriam motivo de
inveja.
Saul elevou sua terra natal, Gabaa, à categoria de capital (Samuel I 10.26, 11.4), reuniu em volta de si uma pequena tropa permanente e iniciou uma campanha de guerrilhas (Samuel I 13.1 e seguintes). Por meio de ataques de surpresa, ele expulsou as guarnições dos filisteus do território das tribos.
Que Saul era um grande tático seria demonstrado novamente três mil anos mais tarde. Um simples exemplo servirá para mostrar o quanto a Bíblia é exata até nos menores detalhes e o quanto é digna de confiança em seus dados e tradições.
Devemos ao major britânico Vivian Gilbert a narrativa de um acontecimento verdadeiramente extraordinário.
Escreve ele em suas memórias de campanha 49:
"Uma ocasião, durante a Primeira Guerra Mundial, um ajudante-de-ordens de um general-de-brigada do exército do General Allenby na Palestina procurava na Bíblia certo nome com o auxílio de uma
vela. Sua brigada recebera ordem de tomar uma aldeia situada num monte rochoso, do outro lado de um vale profundo, chamada Macmas.
 Ele tinha a impressão de conhecer esse nome. Por fim, encontrou-o no capítulo 13 do Livro Primeiro de Samuel e leu: 'E Saul e Jônatas, seu filho, e a gente que tinha ficado com eles, estavam em Gabaa de Benjamim; os filisteus, porém,
estavam em Macmas'.
A seguir está escrito como Jônatas e seus homens de armas se dirigiram de noite à 'guarnição dos filisteus', chegando a uns 'rochedos agudos de ambas as partes', 'um dos quais se chamava Boses e o
outro, Sene' (Samuel I 14.4). 
Escalaram a rampa e dominaram os guardas 'na metade de uma geira, espaço que uma junta de bois costuma lavrar
num dia'.
O tumulto acordou o exército inimigo que, julgando-se cercado pelas tropas de Saul, 'dispersou-se e fugiu em todas as direções' (Samuel I14.14 e 16).
"Depois Saul atacou com todas as suas forças e venceu: 'E naquele dia o Senhor salvou Israel'.
"O ajudante-de-ordens pensou que aquele passo entre rochedos, as duas rochas altas e o 'campo' deviam existir ainda.
 Despertou o comandante e leu com ele toda a passagem da Bíblia.
Despacharam
patrulhas, que encontraram o passo, guarnecido por poucos soldados turcos, espremido entre dois picos  evidentemente Boses e Sene.
Lá no alto, junto a Macmas avistava-se um pequeno campo plano iluminado pelo luar.
O comandante modificou seu plano de ataque.
Em vez de mandar toda a brigada, enviou apenas uma companhia, no meio da noite, atravessar o desfiladeiro. Os poucos turcos com que toparam foram subjugados em
silêncio e a ladeira, escalada... e, pouco antes de romper o dia, a companhia encontrava-se na 'meia geira' de terreno plano."Os turcos despertaram e fugiram desordenadamente, pois julgaram
estar cercados pelo exército do General Allenby. Foram todos mortos ou feitos prisioneiros.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Responderemos a todos sempre que necessário.Obrigado pela visita ao site.

Como Será Os últimos Dias ? A Vinda De Cristo.

Várias expressões na Bíblia Aponta para os tempos finais desse sistema antes da volta de Jesus. Muitas vezes chamamos de os últimos dias, úl...