WhatsApp

Translate

VOCÊ SABIA ?ESTADOS UNIDOS E OBRIGADO A PROTEGER 97 PAÍSES ?

Estados Unidos é obrigado a proteger 67 países em caso de guerra: quais e por quê?
VOCÊ SABIA ?ESTADOS UNIDOS E OBRIGADO A PROTEGER 97 PAÍSES ?


Praticamente um quarto da população mundial está “sob a defesa” dos Estados Unidos em caso de guerra. No mundo inteiro, 67 países têm a garantia formal de proteção das forças armadas norte-americanas se sofrerem ataques de outras nações. E o Brasil é um deles.
Por que o Estados Unidos deve proteger 67 países?
Confira quais são;
Países aliados de Estados Unidos

Desde o fim da Segunda Guerra Mundial e a formação de grandes blocos entre nações, os EUA assinaram acordos de ação bilateral de proteção de forma massiva, de modo a garantir sua influência militar e econômica, sobretudo na época da Guerra Fria.
O trabalho acadêmico  produzido pelo cientista político Michael Beckley, da Universidade de Tufts, que fica nos Estados Unidos, explica como tais alianças se formaram ao longo do século 20, com algumas adições mais recentes, nos últimos dez anos.
O que significam esses acordos?
A garantia de defesa norte-americana para os 67 países é bilateral, ou seja, caso os EUA sejam atacados essas nações também deverão se posicionar ao lado do país norte-americano. Mas essa relação existe apenas formalmente.
Beckley explica que esses acordos não são precisos sobre que tipo de ação os EUA ou os demais países devem assumir em caso de ameaça de guerra. Ou seja, tais compromissos exigem participação norte-americana, mas essa participação não precisa necessariamente ser militar.
“Um grande e crescente número de especialistas argumentam que esses acordos são perigosos e devem ser abandonados”, afirma o texto. A conclusão do autor, contudo, é que eles devem ser analisados caso a caso, pois em algumas situações até colaboram para a não interferência do país em assuntos regionais.
“As guerras são menos devidas aos tratados e mais à tendência dos líderes dos EUA de exagerar a magnitude das ameaças estrangeiras e subestimar os custos da intervenção militar", conclui o autor.
Que países são protegidos pelos EUA?
Diversos acordos assinados desde 1947 determinam a aliança militar entre EUA e outros países. De acordo com o artigo de Beckley, são 67 nações. No site do departamento de Estado dos EUA, a lista de nações em acordo de defesa mútua com os norte-americanos conta com 55 países.
Países americanos
Foi assinado em 1947, no Rio de Janeiro, o trato da Organização dos Estados Americanos (OEA), que envolveu praticamente todos os países localizados no continente - alguns foram adicionados ao longo dos anos.
O caso mais curioso é o de Cuba, que pertenceu ao pacto até 1962. Aliada histórica da União Soviética, ficou fora do tratado até 2009, quando voltou ao hall dos países sob proteção militar norte-americana. O México e os EUA romperam entre si o acordo em 2004, mas como o país latino segue na OEA, não houve mudança de fato.
Países na OEA: Antígua e Barbuda, Argentina, Bahamas, Bolívia, Brasil, Chile, Colômbia, Costa Rica, Cuba, Dominica, Equador, El Salvador, Grenada, Guatemala, Guiana, Haiti, Honduras, Nicarágua, Panamá, Paraguai, Peru, República Dominicana, Santa Lúcia, São Cristóvão e Nevis, São Vicente e Granadinas, Suriname, Trinidad e Tobago, Uruguai e Venezuela.
Países europeus
Em 1949, diversos países europeus, o Canadá e os Estados Unidos assinaram o acordo para firmar o Tratado do Atlântico Norte, cuja organização (Otan) é composta de seus membros signatários.
A Alemanha Ocidental ingressou na Otan em 1955 e foi substituída pela Alemanha unificada em 1990. Com o fim da União Soviética, novas nações entraram para a organização em 2003. O mesmo vale para a Croácia e para Eslovênia, únicos países ex-Iugoslávia a ingressarem o grupo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Responderemos a todos sempre que necessário.Obrigado pela visita ao site.

Como Será Os últimos Dias ? A Vinda De Cristo.

Várias expressões na Bíblia Aponta para os tempos finais desse sistema antes da volta de Jesus. Muitas vezes chamamos de os últimos dias, úl...