WhatsApp

Translate

Deus Tem as Suas Próprias Maneiras de Punir Uma Nação.


Deus tem as suas próprias maneiras de punir uma nação.
Algumas recebem um juízo rápido e desaparecem, como a poderosa Assíria e diversos pequenos reinos do passado.
Outras são castigadas mediante a humilhação de se tornarem reinos pequenos, às vezes dominadas por estrangeiros, a exemplos como o Egito, a Pérsia, a Babilônia, a Grécia etc.
No caso da Rússia, os motivos divinos são hoje bem conhecidos.
 Foi nesse país que  descendentes de Abraão mais sofreram com os pogrons, "(Pogrom é uma palavra russa que significa "causar estragos, destruir violentamente").
Deus Tem as Suas Próprias Maneiras de Punir Uma Nação.
Em um período que vai desde 1871 a 1921 para quem estuda a história.
E, assim que terminaram os pogrons, o ódio ao povo israelita passou a ser exercido então pelo regime comunista. É fato sobejamente conhecido que o comunismo não pode subsistir num mundo ideologicamente dividido.
 O marxismo prega um só regime em todo o planeta, razão pela qual a Rússia gastava verdadeira fortuna na tarefa de exportar esta filosofia, e ainda gasta para todas as nações livres e consolidar a comunização nas áreas por ela conquistadas.
Deus Tem as Suas Próprias Maneiras de Punir Uma Nação.
Somente a manutenção do comunismo em Cuba, nos primeiros anos do governo Fidel Castro, teria custado à Rússia um milhão de dólares por dia. As metas do comunismo nunca mudaram desde a sua implantação no final da Primeira Guerra Mundial.
Em 1919, Josef Stalin, como porta-voz de Lênine, afirmou, referindo-se à divisão política do mundo: "O mundo dividiu-se em dois campos irreconciliáveis: o campo do imperialismo e o campo do socialismo". Quarenta anos mais tarde, numa Resolução do XXI Congresso do PCUS [Partido Comunista da União Soviética], declarou Nikita Khruschev: "Agora, há no mundo dois sistemas sociais: O capitalismo, que está nos últimos estertores, e o socialismo, que está transbordando com uma crescente força vital e goza do apoio dos trabalhadores de todos os países". 
Essa declaração otimista explica outra,de 1957,quando Khruschev falava a uma assistência na União Soviética acerca de coexistência pacífica dizia:
"Mas naturalmente temos que compreender que não podemos coexistir eternamente. Um de nós tem que ir para a sepultura. Não queremos ir para a sepultura. Elas [as potências ocidentais] tampouco querem ir para a sepultura.
Que fazer, então?
Temos que empurrá-las para lá".
Deus Tem as Suas Próprias Maneiras de Punir Uma Nação.
O marxismo, sendo fundamentalmente oposto a qualquer outro regime, sempre pregou a subversão com o objetivo de assumir as rédeas do governo mundial. Um especialista em ciências políticas analisou a doutrina de Marx em contraste com os princípios democráticos, tomando como exemplo os próprios Estados Unidos:
A contradição existente entre o marxismo e a tradição norte-americana surge com maior aspereza em quase todas as áreas às quais se estende o intelecto humano .Como, por exemplo, na psicologia, onde os marxistas tratam o procedimento humano como um produto infinitamente plástico do meio social, enquanto nós estudamos as qualidades indeléveis comuns a todos os homens em toda a parte.
Na sociologia, onde insistem em afirmar que a rela­ção existente entre as classes é um caso de exploração e de luta, enquanto nós a encaramos como um caso de cooperação e interdependência;
• no terreno econômico, que julgam ter influência dominadora na vida, nos pensamentos e nos valores humanos, mas que nós encaramos como apenas uma das três ou quatro maiores influências;
• Na história, cuja maravilhosa complexidade transformaram em modelo de luta de classes e um cataclismo social, e que encaramos em termos de origens múltiplas e misteriosas;
• Na teoria política, que os ensina a temer o poder do Estado liberal e a confiar inteiramente no poder da ditadura do proletariado, mas que nos ensina a recear o poder sem peias posto em mãos humanas;
• Nos princípios do constitucionalismo, que encaram como uma fraude burguesa, e que nós consideramos como a essência de um governo livre;
• E, sobretudo, na filosofia, nas idéias básicas que auxiliam o homem a aproximar-se tanto das grandes maravilhas como dos pequeninos fatos do mundo em que vive.
Deus Tem as Suas Próprias Maneiras de Punir Uma Nação.
Toda a sua doutrina está escravizada a um materialismo rígido, enquanto a nossa constitui uma mistura sutil de racionalismo, idealismo, empirismo e pragmatismo.Em suma, de todos os caminhos que levam ao conhecimento, e que os marxistas desprezam e ridicularizam.
Mais adiante, o mesmo autor salienta que “ nosso sistema de idéias mostra-se aberto aos novos pensamentos e às novas evidências.
Possui crenças monolíticas sobre a dignidade do homem, a excelência da liberdade, os limites da política e a presença de Deus; mas, sobre tais crenças, mesmo como um desafio à última, os homens gozam de absoluta liberdade de pensamento.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Responderemos a todos sempre que necessário.Obrigado pela visita ao site.

Como Será Os últimos Dias ? A Vinda De Cristo.

Várias expressões na Bíblia Aponta para os tempos finais desse sistema antes da volta de Jesus. Muitas vezes chamamos de os últimos dias, úl...