WhatsApp

Translate

A vinda do Senhor a Revelação da Apostasia O homem da Iniqüidade

A vinda do Senhor.   A revelação da apostasia. 1 Tess 2 O homem da iniqüidade ..  Irmãos, no que diz respeito à vinda de nosso Senhor Jesus Cristo e à nossa reunião com ele, nós vos exortamos  a que não vos demovais da vossa mente, bcom facilidade, nem vos perturbeis, quer por espírito, quer por palavra, quer por epístola, como se procedesse de nós, supondo tenha chegado o Dia do Senhor.


A vinda do Senhor. 
 A revelação da apostasia. 1 Tess 2 O homem da iniqüidade .. 
Irmãos, no que diz respeito à vinda de nosso Senhor Jesus Cristo e à nossa reunião com ele, nós vos exortamos  a que não vos demovais da vossa mente, bcom facilidade, nem vos perturbeis, quer por espírito, quer por palavra, quer por epístola, como se procedesse de nós, supondo tenha chegado o Dia do Senhor.  Ninguém, de nenhum modo, vos engane, porque isto não acontecerá sem que primeiro venha a apostasia que seja revelado o homem da iniqüidade, d o filho da perdição, o qual se opõe e se levanta contra tudo que se chama Deus ou é objeto de culto, a ponto de assentar-se no santuário de Deus, ostentando-se como se fosse o próprio Deus.  Não vos recordais de que, ainda convosco, eu costumava dizer-vos estas coisas?  E, agora, sabeis o que o detém, para que ele seja revelado somente em ocasião própria.  O caráter do homem da iniqüidade e a sua derrota .
Com efeito, o mistério da iniqüidade já opera e aguarda somente que seja afastado aquele que agora o detém; e 2 Tess 2.1-12.
Sobre isso Paulo já havia escrito sobre este tema (1Tess 4.15-17); 
Dizemo-vos, pois, isto, pela palavra do Senhor: que nós, os que ficarmos vivos para a vinda do Senhor, não precederemos os que dormem. Porque o mesmo Senhor descerá do céu com alarido, e com voz de arcanjo, e com a trombeta de Deus; e os que morreram em Cristo ressuscitarão primeiro.
Depois nós, os que ficarmos vivos, seremos arrebatados juntamente com eles nas nuvens, a encontrar o Senhor nos ares, e assim estaremos sempre com o Senhor. 1 Tessalonicenses 4:15
Agora, ensina de forma mais extensa sobre este mesmo assunto, visto que alguns diziam que o regresso do Senhor já havia acontecido como alguns mestres  dos nossos dias (v. 2). Cf. 2Tm 2.16-18. Mas evita os falatórios profanos, porque produzirão maior impiedade. E a palavra desses roerá como gangrena; entre os quais são Himeneu e Fileto (dois hereges da igreja da época); Os quais se desviaram da verdade, dizendo que a ressurreição era já feita, e perverteram a fé de alguns. (Não vos demovais da vossa mente): 
Isto é, não vos moveis acerca do momento do regresso de Cristo a terra (v. 2; cf. também 1Ts 5.1-4). Mas, irmãos, acerca dos tempos e das estações, não necessitais de que se vos escreva;
Porque vós mesmos sabeis muito bem que o dia do Senhor virá como o ladrão de noite;
Pois que, quando disserem: 
Há paz e segurança, então lhes sobrevirá repentina destruição, como as dores de parto àquela que está grávida, e de modo nenhum escaparão. Mas vós, irmãos, já não estais em trevas, para que aquele dia vos surpreenda como um ladrão;
 A apostasia (ou rebelião dos últimos tempos): Cf. Mt 24.10-12,23-24; 1Tm 4.1-2.  Nesse tempo muitos serão escandalizados, e trair-se-ão uns aos outros, e uns aos outros se odiarão. E surgirão muitos falsos profetas, e enganarão a muitos. E, por se multiplicar a iniqüidade, o amor de muitos esfriará. Então, se alguém vos disser: 
Eis que o Cristo está aqui, ou ali, não lhe deis crédito; Porque surgirão falsos cristos e falsos profetas, e farão tão grandes sinais e prodígios que, se possível fora, enganariam até os escolhidos. Mas o Espírito expressamente diz que nos últimos tempos apostatarão alguns da fé, dando ouvidos a espíritos enganadores, e a doutrinas de demônios; Pela hipocrisia de homens que falam mentiras, tendo cauterizada a sua própria consciência;  Esta palavra, traduzida aqui por apostasia, se aplicava tanto à sublevação contra algum governo como à negação da fé em Deus. 
Aqui, o autor utiliza conceitos do AT (Dn 11.36-37; cf. também Ez 28.2. E este rei fará conforme a sua vontade, e levantar-se-á, e engrandecer-se-á sobre todo deus; e contra o Deus dos deuses falará coisas espantosas, e será próspero, até que a ira se complete; porque aquilo que está determinado será feito.
E não terá respeito ao Deus de seus pais, nem terá respeito ao amor das mulheres, nem a deus algum, porque sobre tudo se engrandecerá.Filho do homem, dize ao príncipe de Tiro: Assim diz o Senhor DEUS: Porquanto o teu coração se elevou e disseste: Eu sou Deus, sobre a cadeira de Deus me assento no meio dos mares; e não passas de homem, e não és Deus, ainda que estimas o teu coração como se fora o coração de Deus;).
Com referência a “abominação desoladora” de ( Dn 9.27; 11.31; 12.11.E ele firmará aliança com muitos por uma semana; e na metade da semana fará cessar o sacrifício e a oblação; e sobre a asa das abominações virá o assolador, e isso até à consumação; e o que está determinado será derramado sobre o assolador.E braços serão colocados sobre ele, que profanarão o santuário e a fortaleza, e tirarão o sacrifício contínuo, estabelecendo abominação desoladora. E desde o tempo em que o sacrifício contínuo for tirado, e posta a abominação desoladora, haverá mil duzentos e noventa dias.
Esse é o homem da iniqüidade: 
Aqui se alude a um personagem inimigo de Deus e de Jesus Cristo, que aparecerá nos últimos tempos. Cf. 1 Jo 2.18 e ver Ap 13.1-2, Filhinhos, é já a última hora; e, como ouvistes que vem o anticristo, também agora muitos se têm feito anticristos, por onde conhecemos que é já a última hora.
E eu pus-me sobre a areia do mar, e vi subir do mar uma besta que tinha sete cabeças e dez chifres, e sobre os seus chifres dez diademas, e sobre as suas cabeças um nome de blasfêmia. E a besta que vi era semelhante ao leopardo, e os seus pés como os de urso, e a sua boca como a de leão; e o dragão deu-lhe o seu poder, e o seu trono, e grande poderio.
 As expressões o que o detém e aquele que agora o detém têm sido interpretadas de diversas maneiras. Alguns as entendem como referências ao governo romano daquele tempo, que mantinha um regime de paz e ordem força.
Já outros pensam que se trata do poder de Deus ou que se referem ao próprio Satanás. O que o detem é o Espírito Santo que opera através da igreja enquanto ela está trabalhando no evangelho.
 Então, será, de fato, revelado o iníquo, a quem o Senhor Jesus matará com o sopro de sua boca e o destruirá pela manifestação de sua vinda. 
 Ora, o aparecimento do iníquo é segundo a eficácia de Satanás, com todo poder, e sinais, e prodígios da mentira, e com todo engano de injustiça aos que perecem, porque não acolheram o amor da verdade para serem salvos. 
É por este motivo, pois, que Deus lhes manda a operação do erro, para darem crédito à mentira, a fim de serem julgados todos quantos não deram crédito à verdade; antes, pelo contrário, deleitaram-se com a injustiça. Os pecadores que não dão crédito a Deus.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Responderemos a todos sempre que necessário.Obrigado pela visita ao site.

Como Será Os últimos Dias ? A Vinda De Cristo.

Várias expressões na Bíblia Aponta para os tempos finais desse sistema antes da volta de Jesus. Muitas vezes chamamos de os últimos dias, úl...