WhatsApp

Translate

Deus Falava Do rei De Tiro ou de Satanás em Ezequiel 28?

Segundo a Palavra de Deus a terra em que vivemos já passou por grandes mudanças que alteraram muito a sua superfície. Outras mudanças ainda ocorrerão. Estudando essas mudanças, nos ajudará em estudo posterior sobre o homem e os espíritos.  Ao nos referirmos ao "mundo" entendemos que o termo inclui não somente o planeta, nossa habitação, como também o universo de estrelas, o espaço, a atmosfera, planetas e astros. Muitas referências bíblicas reúnem as palavras "céus" e "terra", dando a entender que a sua criação se deu na mesma época.

Segundo a Palavra de Deus a terra em que vivemos já passou por grandes mudanças que alteraram muito a sua superfície. Outras mudanças ainda ocorrerão. Estudando essas mudanças, nos
ajudará em estudo posterior sobre o homem e os espíritos. 
Ao nos referirmos ao "mundo" entendemos que o termo inclui não somente o planeta, nossa habitação, como também o universo de estrelas, o espaço, a atmosfera, planetas e astros. Muitas referências bíblicas reúnem as palavras "céus" e "terra", dando a entender que a sua criação se deu na mesma época. 
No princípio criou Deus o céu e a terra. O céu e a terra passarão, mas as minhas palavras não hão de passar . E vi um novo céu, e uma nova terra. Porque já o primeiro céu e a primeira terra passaram, e o mar já não existe. Gênesis 1:1 Mateus 24:35;Apocalipse 21:1.
Quanto ao método usado por Deus na criação, há diferença de opinião da parte dos dedicados servos de Deus.
Há alguém que interpreta Gn 1.1 como sendo apenas uma declaração preliminar que antecede a narrativa da criação e que registra a maneira de transformar um mundo sem forma, num belo estado de "cosmos", que se teria realizado através de sete longos períodos chamados "dias".  
Há outros eruditos que são de opinião que Gn 1.1 refere-se à criação original do sistema solar no longínquo passado, em estado de perfeição, e que segundo meu entendimento, isso se  sustenta, e que Gn 1.2 teria sido, referência a uma calamidade que sofreu a terra que  a tornou num "caos"; e que a narrativa detalhada que se segue é a descrição dum período de "reconstrução", de seis dias de 24 horas, no qual a terra foi restaurada à sua original ordem de beleza e harmonia.  
O esboço que se segue acompanha este pensamento.
A. A Criação Original, Gn 1.1. 
Esta passagem refere-se à criação dos céus ê da terra, isto é, ao sistema solar, no passado. Deus podia formar o universo, ou colocando em movimento certas forças que gradativamente resultaria num "cosmo" bem ordenado, ou também podia fazê-lo instantaneamente por um só mandamento do seu poder.
Não vemos razão para crer porque não fosse usado  esse meio. 
Não há conflito entre a Bíblia e a ciência autêntica. 
Por quanto tempo a criação permaneceu neste estado de perfeição nós não sabemos porque a Bíblia não o revela. Mas que foi um universo perfeito em todo o sentido, isso cremos, pois em Isaías 45.18 lemos: "Assim diz o Senhor que criou os céus, o único Deus, que formou a terra, que a fez e a estabeleceu; que não a fez para ser um caos, mas para ser habitada." 
Esta criação original poderia ter sido aquele "Éden, jardim de Deus" composto de um reino mineral, todo glorioso, a que se referiu Ezequiel no cap. 28.12-16, e em que  temos uma passagem de duplo sentido falando do Rei de tiro e se referindo a Satanás. 
Satanás o "querubim da guarda ungido" andava no brilho das pedras afogueados.
 Esse paraíso mineral faz lembrar do paraíso encontrado em Ap 21 e 22 em que vemos um novo céu e uma nova terra. A descrição do Éden de Ezequiel 28.13 é diferente do Éden, o lar de Adão. Gn 2.8.
 Mas o nome é o mesmo. 
Portanto, podemos concluir que o primeiro Éden pertencia a Deus. Falava Do rei De Tiro ou de Satanás?
A Queda do Príncipe de Tiro. Ezequiel 28:1-19.
O profeta falando da cidade no contexto, da cidade o profeta passa para o seu governador, como representante do caráter da comunidade, a personificação do espírito da orgulhosa cidade comercial Tiro.
 Rei e povo constituem uma corporação solidária, cujo orgulho e auto-deificação estão condenadas. 
Temos aí uma mescla de informações, dupla interpretação, fala tanto de antes da queda de Satanás, como depois da queda, e tudo isso ainda mesclado com recados dados também ao "príncipe de Tiro" que era um ser humano, não angelical. 
Porque se referia a Ciro?
Quando que Ciro esteve no Éden?
Quando ele andou sobre pedras de fogo?
E essas informações são de diferentes momentos e lugares, não necessariamente apresentadas de forma linear como a mente lógica e racional gostaria de pensar e entender.
É preciso entender que, ao mesmo tempo em que vivemos no tempo que foi criado junto com a matéria, Deus é extra-tempo e tem uma visão eterna das coisas. 
Caso contrário, o sacrifício de Cristo não teria valor para quem morreu antes de seu sangue ter sido derramado na cruz. Não podemos ler a Bíblia com o pensamento linear de quem lê um livro de matemática ou de ciência didática. 
Ela é repleta de símbolos, de linguagem figurada, de poesia etc. 
O próprio Senhor falou de si mesmo como sendo a porta, a videira, o grão de trigo etc. Outros exemplos da "insanidade da prosperidade" são  de Senaqueribe (II Reis 17:33-35); Faraó (Ez. 29:3); Nabucodonosor (Dn. 3:15; 4:30.
Observe particularmente o autoteísmo da Babilônia, Is. 47:7-10); Herodes (Atos 12:21-23); "o homem do pecado " (II Ts. 2:3, 4) e os conquistadores que confiam em suas armas (Hc. 1:11, 16); e todos aqueles que hoje em dia adoram "a deusa da prosperidade". 
O profeta descreve o castigo do orgulhoso príncipe (Ez. 28:1-10), e profere uma lamentação irônica sobre a sua queda na verdade a de Satanás em um tempo remoto(28:11-19).
Podemos concluir também ele ocupava uma posição exaltada Satanás ocupava, que ele aspirou ser igual ao Altíssimo (Isaías 14.12- 14),  foi a ocasião em que a grande ira de Deus contra esse anjo fez reduzir a
terra original a um estado de caos absoluto, fato registrado em Gn 1.2; I Tm 3.6.  
A terra se teria tornado inabitável por causa da sua queda. 
Satanás e suas hostes ficaram sem morada certa. Este fato serve para explicar porque ele teria  retornado ao Éden, seu antigo lar, procurando a expulsão dos novos donos, que eram Adão e Eva, e contra os quais teve muita ira. 
Pela mesma razão tem inimizade contra a raça humana até hoje.  
É a sugestão de alguns que os demônios são espíritos destituídos de corpos físicos, e que sempre o procuram (Mt 8.31), seriam os espíritos dos habitantes da terra no estado original. (Contudo, sabemos que não havia homens na terra original, pois em I Co 15.45 lemos que Adão foi o primeiro homem; 
Assim está também escrito: O primeiro homem, Adão, foi feito em alma vivente; o último Adão em espírito vivificante).
O escritor se refere tanto ao rei de Tiro, com a Satanás.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Responderemos a todos sempre que necessário.Obrigado pela visita ao site.

Israel Na Grande Tribulação / O Holocausto Foi Mentira?

Israel sempre foi um povo sofrido, desde os tempos de Abraão, Isaque, e Jacó. Sua sobrevivência sempre esteve ameaçada por muitos povos vizi...