WhatsApp

Translate

Os Primeiros Diáconos / A Morte De Estevão.

A igreja, mesmo muito perseguida , crescia cada vez mais. No entanto, esse crescimento gerou um problema.  A possibilidade de sérias conseqüências com a perseguição das autoridades. 
A igreja cuidava dos seus pobres, em especial das viúvas. 
Uma viúva naqueles dias não tinha as oportunidades de emprego e sustento oferecidas pela sociedade moderna. 
A igreja não estava organizada, e as viúvas do grupo de língua grega eram negligenciadas pelos judeus, de língua hebraica, o que eram a maioria. Humanamente falando, havia ali uma base para um futuro rompimento entre os grupos. 
Os apóstolos perceberam a dificuldade e reuniram a comunidade. Explicaram que os deveres espirituais não lhes deixavam tempo para o cuidado material da igreja. Aconselharam, portanto, a escolha de sete homens qualificados para tal.  Eles foram os primeiros diáconos.  Todos "cheios do Espírito Santo e de sabedoria” E dois deles, Filipe e Estêvão, com um ministério muito especial.


Os apóstolos perceberam a dificuldade e reuniram a comunidade. Explicaram que os deveres espirituais não lhes deixavam tempo para o cuidado material da igreja. Aconselharam, portanto, a escolha de sete homens qualificados para tal. 
Eles foram os primeiros diáconos. 
Todos "cheios do Espírito Santo e de sabedoria” E dois deles, Filipe e Estêvão, com um ministério muito especial. 
O Ministério de Estêvão (At 6.8-15) .
 Seu espírito e caráter. 
“E Estêvão, cheio de fé e de poder, fazia prodígios e grandes sinais entre o povo“. 
Há uma idéia disseminada de que os milagres foram confinados aos primeiros apóstolos. 
O ministério diaconal de Estêvão, no entanto, refuta esta teoria. 
O sucesso dos apóstolos é a melhor prova de continuidade da obra apostólica. 
Os adversários. 
O testemunho corajoso de Estêvão irou a muitos membros das sinagogas. 
Quando esgotaram seus argumentos bíblicos, eles apelaram para violência, aliando-se com falsas testemunhas. E confiaram o resultado desejado à violência de uma turba. 
 A mensagem. 
Entendemos a pregação de Estêvão estudando as falsas acusações contra ele. 
Toda calúnia sempre tem como ponto de partida uma verdade mal interpretada: 
“Proferir palavras blasfemas contra este santo lugar...” 
Estêvão declarou que nenhum prédio é essencial à verdade divina. E repetiu a profecia de Jesus sobre a destruição do Templo. 
A mudança dos “costumes que Moisés nos deu” disse ele.
 Em outras palavras, 
Estêvão pregou que a Antiga Aliança, com suas instituições, foi cumprida em Jesus. “Palavras blasfemas contra Moisés” ou seja, pregou ser Moisés inferior a Jesus  “... e contra Deus” ensinou a divindade de Cristo. 
 Sua espiritualidade. 
Estêvão era acusado de ser blasfemador. 
Os acusadores, as falsas testemunhas e juizes, no entanto, “viram o seu rosto como o rosto de um anjo”. Ele não parecia um inimigo da religião. 
Isto deve ter dado o que pensar aos judeus, principalmente ao jovem Saulo de Tarso que se converteu depois.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Responderemos a todos sempre que necessário.Obrigado pela visita ao site.

Como Será Os últimos Dias ? A Vinda De Cristo.

Várias expressões na Bíblia Aponta para os tempos finais desse sistema antes da volta de Jesus. Muitas vezes chamamos de os últimos dias, úl...