Luiz Administradores (Inf: +55 11941343232)

O Batismo De João E o Batismo Cristão / O BATISMO DE JESUS Marcos 1.9



O BATISMO DE JESUS Marcos  1.9.
E aconteceu naqueles dias que Jesus, tendo ido de Nazaré da Galileia, foi batizado por João, no Jordão.
 Há continuidade entre o batismo de João para o arrependimento .
(Apareceu João batizando no deserto, e pregando o batismo de arrependimento, para remissão dos pecados, Marcos 1.4) e o batismo em nome da trindade, instituído por Jesus 
(E, chegando-se Jesus, falou-lhes, dizendo: É-me dado todo o poder no céu e na terra. Portanto ide, fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo;
19 Mt 28. 19. 
Ambos eram símbolos de purificação e visavam à remissão de pecados. 
(Apareceu João batizando no deserto, e pregando o batismo de arrependimento, para remissão dos pecados.  E disse-lhes Pedro: 
Arrependei-vos, e cada um de vós seja batizado em nome de Jesus Cristo, para perdão dos pecados; e recebereis o dom do Espírito Santo, Atos 2:38, Marcos 1.4). 
Porém não eram idênticos, não eram iguais absplutamente.
 Os que foram batizados por João necessitavam também do batismo cristão?
Sim.
(Mas Paulo disse: 
Certamente João batizou com o batismo de arrependimento, dizendo ao povo que cresse no que após ele havia de vir, isto é, em Jesus Cristo. 
E os que ouviram foram batizados em nome do Senhor Jesus, Atos 19:4,5).
O batismo cristão é um sinal de iniciação que indica o relacionamento do humano convertido com Cristo, que já veio.
 O batismo de João foi um rito preparatório, significando preparação para a vinda do Cristo e seu juízo sobre o pecado que viria.
E retirou-se Jesus com os seus discípulos para o mar, e seguia-o uma grande multidão da Galiléia e da Judéia,
E de Jerusalém, e da Idumeia, e de além do Jordão, e de perto de Tiro e de Sidom, uma grande multidão que, ouvindo quão grandes coisas fazia, vinha ter com ele. E ele disse aos seus discípulos que lhe tivessem sempre pronto um barquinho junto dele, por causa da multidão, para que o não oprimisse.
Porque tinha curado a muitos, de tal maneira que todos quantos tinham algum mal se arrojavam sobre ele, para lhe tocarem. 
E os espíritos imundos vendo-o, prostravam-se diante dele, e clamavam, dizendo: 
Tu és o Filho de Deus.
E ele os ameaçava muito, para que não o manifestassem. 
Dizia, pois, João à multidão que saía para ser batizada por ele: 
Raça de víboras, quem vos ensinou a fugir da ira que está para vir?
Produzi, pois, frutos dignos de arrependimento, e não comeceis a dizer em vós mesmos: Temos Abraão por pai; porque eu vos digo que até destas pedras pode Deus suscitar filhos a Abraão.
E também já está posto o machado à raiz das árvores; toda a árvore, pois, que não dá bom fruto, corta-se e lança-se no fogo. 
E a multidão o interrogava, dizendo: 
Que faremos, pois?
E, respondendo ele, disse-lhes: 
Quem tiver duas túnicas, reparta com o que não tem, e quem tiver alimentos, faça da mesma maneira.
E chegaram também uns publicanos, para serem batizados, e disseram-lhe: 
Mestre, que devemos fazer?
E ele lhes disse: 
Não peçais mais do que o que vos está ordenado.
E uns soldados o interrogaram também, dizendo: 
E nós que faremos? 
E ele lhes disse: 
A ninguém trateis mal nem defraudeis, e contentai-vos com o vosso soldo.
E, estando o povo em expectação, e pensando todos de João, em seus corações, se porventura seria o Cristo.
Respondeu João a todos, dizendo: 
Eu, na verdade, batizo-vos com água, mas eis que vem aquele que é mais poderoso do que eu, do qual não sou digno de desatar a correia das alparcas; 
Esse vos batizará com o Espírito Santo e com fogo.
Ele tem a pá na sua mão, e limpará a sua eira, e ajuntará o trigo no seu celeiro, mas queimará a palha com fogo que nunca se apaga.
E assim, admoestando-os, muitas outras coisas também anunciava ao povo.
Mas Paulo disse: 
Certamente João batizou com o batismo de arrependimento, dizendo ao povo que cresse no que após ele havia de vir, isto é, em Jesus Cristo, Marcos 3:7-1, Lucas 3:7-18, Atos 19:4.
 Jesus insistiu com João, seu primo, que o batizasse, passando por cima dos protestos de João.
 ( Então veio Jesus da Galileia ter com João, junto do Jordão, para ser batizado por ele.
Mas João opunha-se-lhe, dizendo: Eu careço de ser batizado por ti, e vens tu a mim? 
Jesus, porém, respondendo, disse-lhe: 
Deixa por agora, porque assim nos convém cumprir toda a justiça. Então ele o permitiu, Mateus 3:13-15 Mt 3.13-15)
Porque Jesus foi batizado?
Em seu papel de Messias, nascido sob a lei . 
(Mas, vindo a plenitude dos tempos, Deus enviou seu Filho, nascido de mulher, nascido sob a lei, Para remir os que estavam debaixo da lei, a fim de recebermos a adoção de filhos.
Gálatas 4:4,5).
Jesus tinha de submeter-se a todas as exigências da lei de Deus para Israel e identificar-se com aqueles cujos pecados ele tinha vindo carregar. 
Seu batismo anunciou que ele viera para tomar o lugar dos pecadores que estam sujeito ao juízo de Deus. 
Nesse sentido é que ele foi batizado por João para "cumprir toda a justiça".
No batismo de Cristo houve uma manifestação da Trindade.
O Pai falou lá do céu, e uma pomba desceu como um sinal da unção do Espírito. 
E, sendo Jesus batizado, saiu logo da água, e eis que se lhe abriram os céus, e viu o Espírito de Deus descendo como pomba e vindo sobre ele. E eis que uma voz dos céus dizia: Este é o meu Filho amado, em quem me comprazo, Mateus 3:16,17.
A significação da pomba descendo e parrnanecendo não foi que Jesus estava sendo enchido com o Espfrito pela primeira vez mas significava que ele estava sendo marcado como Aquele que tinha o Espírito e que batizaria com o Espírito (Jo 1.32-33) e, desse modo, era inauguranda a era do Espírito, que foi o cumprimento das esperanças para Israel (Lc 4.1, 14, 18-21 ). 

Comentários