WhatsApp

Kit 5 Tenis Masculino Da Polo Open Original

Translate

A IGREJA E O TABERNÁCULO.

Otabernáculo

(TEXTO BÍBLICO BÁSICO Ap 1.12,13,20; Zc 4.1-4 Ap 1.12) - E virei-me para ver quem falava comigo. E, virando me, vi sete castiçais de ouro; 13 - E no meio dos sete castiçais um semelhante ao Filho do homem, vestido até aos pés de um vestido comprido, e cingido pelos peitos com um cinto de ouro. 20 
- O mistério das sete estrelas, que viste na minha destra, e dos sete castiçais de ouro.
 As sete estrelas são os anjos das sete igrejas, e os sete castiçais, que viste, são as sete igrejas. Zc 4.1 - E tornou o anjo que falava comigo, e me despertou, como a um homem que é despertado do seu sono. 2 - E me disse: 
Que vês? E eu disse: Olho, e eis um castiçal todo de ouro, e um vaso de azeite no. cimo, com as suas sete lâmpadas*, e cada lâmpada posta no cimo tinha sete canudos. 
3 - E, por cima, duas oliveiras, uma à direita do vaso de azeite, e outra à sua esquerda.
 4 - E falei, e disse ao anjo que falava comigo, dizendo: Senhor meu, que I. O CASTIÇAL NO TABERNÁCULO.
 O tabernáculo, lugar reservado para os israelitas cultuarem a Deus e onde Ele se manifestava (Ex 25.8,9,22), era uma alegoria das coisas presentes (Hb 8.5,6; 9.9). Por sua vez, o castiçal que havia no tabernáculo se constituía num símbolo da Igreja (Ap 1.20).
1 - O castiçal.
O castiçal era uma coluna com pedestal e uma lâmpada em cima. Dele saíam canas de ambos os lados, com uma lâmpada cada, decoradas por copos,maçãs e flores. De ouro (Êx 25.31-36).
2. O castiçal e sua finalidade.
O castiçal tinha por única finalidade alumiar o tabernáculo. Como no tabernáculo não havia janelas, sem o castiçal seria impossível ministrar no Lugar Santo. Suas sete lâmpadas acesas produziam uma luz eficiente e agradável (Êx 25.37).
3. O azeite do castiçal. Para que pudesse alumiar, o castiçal precisava de azeite. Deus ordenou que se produzisse azeite para fazer as lâmpadas arderem continuamente (Êx 27.20,21).  IGREJA - CASTIÇAL DE DEUS NESTE MUNDO .
 A coluna do castiçal. A coluna, com pedestal e lâmpada, simboliza Jesus,"Eu sou a luz do mundo"( Jo.8.12)
 As canas que saíam de ambos os lados, sem pedestal próprio, representam os crentes ligados a Jesus, semelhantes às varas na videira (Jo 15.1-5), tendo-o como seu fundamento (1 Co 3.11).
 2. Cada braço tinha uma lâmpada. Isto evidencia que, através de nossa união com Jesus, tornamos, "a luz do mundo"
 A Igreja brilha neste mundo "através de seus membros nos quais Cristo vive e se manifesta ,(Gl 1 2.20). Para isto, porém, torna-se indispensável que cada crente mantenha seu contato com Jesus "em dia", porque assim a influência da Igreja será como lâmpada resplandecente a dissipar as trevas que há neste mundo corrupto e perverso (Fp 2.15).
Certamente, se faltar esta comunhão, ela ficará com sua luz apagada A. o crente se tornará "Como fonte turva e manancial corrupto..." (Pv 25.26). l -7.
O CASTIÇAL ERA DEOURO PURO .

1. O ouro.
Conforme a simbologia bíblica, o ouro representa Deus e as coisas celestiais.
Eliú disse:
"O esplendor de ouro vem do norte; pois em Deus há uma tremenda majestade (Jó 37.22), Tudo, no céu, é de ouro e de cristal (Ap 21.18,21).
O ouro é, também, o símbolo da Palavra de Deus (SI 19.10; 119.72,127), e da fé .1.7).
2. O ouro na prática da vida Cristã.
O uso do ouro na construção do castiçal salienta que somente aquilo que o próprio Deus opera em nossa vida espiritual, através de nossa fé nEle e na Sua Palavra, tem valor e peso diante de Sua presença. Deus reconhece como autêntico tudo o que a natureza divina, da qual somos participantes pela salvação (2 Pe 1.4), opera em nós.
Os que estão na carne não podem agradá- lo (Rm 8.8), pois são crentes sem brilho. "Crentes de ouro" brilham com intensidade, não perdem seu valor e nem enferrujam!
Que Deus nos ajude a possuir estas características.
A FINALIDADE DO CASTIÇAL.
1.Ilumiar.
 O castiçal não estava no tabernáculo simplesmente como adorno, mas com a finalidade exclusiva de alumiar. Isto nos fala do que Deus espera da Sua Igreja, o castiçal do Novo Testamento. Seu desejo é que ela brilhe, e demonstrando este propósito disse. Vós sois a luz do mundo Mt 5.l4)Jesus. ainda disse: "Brilhe a vossa luz(Ml 5.16; Fp 2.15).
2. Despertar no crente a consciência do dever de brilhar. De que maneira podemos brilhar para Jesus? Deixando que a nova natureza (2 Pe 1.4))nos domine de tal modo que pareçamos incrédulos? ou que outros possam ver através da nossa vida que temos em  Cristo (2 Co 4.10.Estêvão brilhou intensamente quando, na hora de sua morte, orou pelos seus algozes (At 7.55-60).
 O crente resplandece também por intermédio de seu testemunho de vida, como cumpridor que é da Palavra de Deus (SI 119.105; Pv 6.23), igualando-se à luz que alumia em "lugar escuro" (2 Pe 1.19). Um testemunho fervoroso serve como "sinal aberto", a fim de que o pecador entre no caminho que conduz ao céu.
CADA BRAÇO DO CASTIÇAL TINHA UMA LÂMPADA.
Avia seis braços no castiçal, três de cada lado, todos acompanhados de suas respectivas lampadas (Êx 25.32). Este detalhe importante destaca três grandes verdades sobre a Igreja;As sete lâmpadas do castiçal) : |Nm 8.2,3).
Assim como as sete lâmpadas estavam ligadas ao castiçal, também cada crente deve pertencer à Igreja tatalmente  Pe 2.4,5).
A Bíblia diz que a luz não deve ser colocada debaixo da mesa, mas no velador ) (castiçal)  para iluminar toda a sala.
Crente que imagina poder viver desligado da Igreja, descongregado labora em erro e pode sofrer terríveis prejuízos  espirituais.
A missão de cada crente como luz.
 Cada crente tem uma missão a cumprir na Igreja.
 Assim como todos os braços, independentemente de serem mais curtos ou mais compridos, tinham uma lâmpada, Deus também considera cada crente, na Igreja, uma luz, sem olhar para a sua posição social, idade, cultura, cor ou raça.
Todos são sacerdotes (1 Pe 2.5; Ap 1.6) e têm uma missão para cumprir (Mc j 13.34). Deus deu talentos a "cada um segundo sua capacidade" (Mt 25.15). Ninguém, portanto, retrocederá porque "se recuar, a minha alma não tem prazer nele" (Hb 10.38), ; assim diz o Senhor.
  AS SETE LÂMPADAS PRECISAVAM DE AZEITE PARA INLUMIAR .
Deus providenciou azeite (Êx, 27.20,21) e somente este era legítimo. Azeite estranho produziria "fogo estranho" (Lv 10.1). 1.
 O azeite simboliza o Espírito Santo.
 O Espírito Santo é que faz a lâmpada do crente arder. O profeta Zacarias foi despertado e viu, numa revelação, o povo de Deus como um castiçal (Zc 4.1-3). Deus então lhe disse:
"Não por força nem por violência, mas pelo meu Espírito" (Zc 4.6), e mostrou a maneira como providenciar azeite para o castiçal (Zc; 4.11-14). "27 í)eus providenciou azeite para a Sua Igreja.
A provisão divina de azeite para a Igreja, efetiva-se pela operação do Espírito Santo. empo dos apóstolos, quando o Espírito Santo operava em toda a sua plenitude, a luz brilhava com tanta intensidade, como em nenhuma outra época. Em poucas décadas o Evangelho se espalhou, alcançando todo o mundo de então.
Busquemos, pois, o azeite da unção do Espírito de Deus, que é oferecido a todos (At 2.39)
Pelo pastor;Eurico Bergstén.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Responderemos a todos sempre que necessário.Obrigado pela visita ao site.

O Crente Pode Se Vestir Como Quiser? Não haverá traje de homem na mulher, e nem vestirá o homem roupa de mulher; porque, qualquer que faz isto, abominação é ao Senhor teu Deus. Deuteronômio 22:5

Quando lemos passagens como esta percebemos que Deus queria realmente proteger a sua criação de tomar rumos aos quais Ele não aprovaria. E ...