WhatsApp

Translate

COISAS ESTRANHAS.


Em 23 de dezembro de 1954, o jornal Correio Popular de Campinas publicava os resultados do exame de um  material. 
Tratava- se de um estanho de pureza ainda não conhecida na Terra.
Na sua composição não foram encontrados indícios de corpos que existem no estanho comum. Além de elevada oxidação, nenhuma outra impureza foi constatada.
Disse o Dr. Maffei, engenheiro químico responsável pela análise, que se tratava de um estanho, com teor de 88,91%, portanto, de um estanho dos mais puros e superior ao estanho conhecido até então. Ainda mais:
 o estanho comum, contém certa porcentagem de ferro, chumbo, antimônio e outros corpos conhecidos.
O material que teria caído do céu, não apresentava a menor impureza, nada contendo além de elevada oxidação.
Estranhou, o Dr. Maffei, essa extraordinária pureza do material analisado, pois, o nosso mais puro estanho, não era idêntico àquele.
 No seu certificado de análise, dizia o Dr. Maffei, textualmente:
 "Nota importante - O material em análise apresentou características de oxidação elevada, com teor de estanho combinado ao oxigênio sob forma de óxido de carbono. Não foi determinada nenhuma outra impureza no material em questão.
" Assim, ao que parecia, o material era ainda desconhecido.
 O estanho comum, o mais puro, apresentava um índice de 79% de mistura de enxofre, arsênico, antimônio, chumbo, ferro e outros corpos.
 O material em questão, continha 86,91%, de estanho e o restante de oxigênio. Não foi nele assinalada a presença de outros corpos.
Esclareceu o Dr. Maffei, que o referido material, por certo não poderia ser tomado como solda que houvesse caído de algum avião em trânsito, pois se fosse solda, de veria conter além de estanho, certa porcentagem de antimônio e de chumbo.
 Tais esclarecimentos, vieram assim, aumentar extraordinariamente a curiosidade da opinião pública em torno do estranho caso.
Tudo indicava ser uma composição nova, ainda não conhecida. Interpelado também sobre a possibilidade de se tratar de um meteoro, esclareceu o Dr. Maffei que entre as placas apresentadas e meteoro existia enorme diferenciação.
Mostrou- se o químico da Young muito interessado no caso, seriamente intrigado com o mistério que encerrava esse material, produto de uma "Chuva de Prata" mais misteriosa ainda e que teria caído justamente durante a passagem de "Discos Voadores", esse grande enigma do espaço.
O material caído de um Disco Voador, segundo eles, na cidade de Campinas, em 1954, foi reanalisado pela SIFETE - Pesquisa Científica em 03 de agosto de 1976. 
Um pedaço do referido material, fragmentado em três partes, chegou às nossas mãos através de um já extinto grupo de pesquisas de Campinas, o CIAPE (Centro de Investigações Astronômicas e Pesquisas Espaciais).
  As análises foram efetuadas no laboratório do Colégio Técnico Industrial Conselheiro Antônio Prado, por Luiz Regis, tendo como responsável, Rogério Pereira da Silva, na ocasião Coordenador do Departamento de Mineralogia da SIFETE.
 Amostra 01 - Laboratório analítico. Procedência: Campinas;
Data: 20/06/76 Amostra de: Metal
 Característica: Branca, metálica, facilmente riscavel. Análise: Método clássico.
 Resultado;
 A amostra contém:
Estanho (Sn) - 94%
Ferro (Fe) - 2% Impurezas
 - 4% Obs.: Impurezas diversas.
O estanho não é um metal porosível diante do ar.
 No entanto é atacado por ar seco.
Na natureza é encontrado praticamente sob a forma de cassiterita (SnO2).
O estanho, como o zinco, é utilizado na proteção do ferro ou aço comum.
Como exemplo de ferro estanhado temos as folhas de Flandres, as quais são empregadas na confecção de recipientes metálicos.
O estanho pode ser obtido até 99,9% de pureza, portanto essa porcentagem de pureza é normal.
 (O que contradiz o índice apresentado pelo Dr. Maffei que informou ser de 79% - obs. do autor). Amostra 02
 - Mineral Características: Cor marrom brilhante, sólida. Resultados
 - A amostra contém: Ferro (Fe)
- 42% Magnésio (Mg)
- 1,3% Alumínio (Al)
 - 0,75% Cobre (Cu)
 - 4,12% Não identificados
- 52,83% Observações:
O ferro se encontra livre.
O magnésio sob a forma de óxido.
O alumínio sob a forma de bauxita (Al2O3.2H2O)
O cobre se encontra livre.
Os não identificados, pelo menos 20%, são compostos orgânicos. Nota:
 O ferro só é encontrado livre nos meteoritos.
Amostra 03
 - Mineral Características: Cor marrom opaca, sólida. Resultados
 - A amostra contém: Ferro (Fe)
 - 33% Alumínio (Al) - 14% Carbono (C )
- 11,43% Não identificados
- 41,57% Observações:
O ferro sob a forma de siderita (FeCO3).
O Carbono livre sob a forma de grate.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Responderemos a todos sempre que necessário.Obrigado pela visita ao site.

Israel Na Grande Tribulação / O Holocausto Foi Mentira?

Israel sempre foi um povo sofrido, desde os tempos de Abraão, Isaque, e Jacó. Sua sobrevivência sempre esteve ameaçada por muitos povos vizi...