WhatsApp

Translate

CARACTERISTÍCAS DO ESPÍRITO DE JEZABEL E ACABE.

O número de membros na igreja estava diminuindo, e pessoas que estavam se preparando para ocuparem cargos de liderança tinham saído desistido.   Para preencher o lugar deles, o pastor tinha de encontrar novos líderes a coisa ficava difícil.  Seu desespero aumentava a cada mês, com a diminuição dos dízimos e ofertas.  Quando conversava com a jovem ela expressava suas opiniões sobre como aumentar a assistência na igreja.

Certa jovem muito bonita, vestida se muito bem, tinha um ar otimista.
 Seu aperto de mão demonstrava ser ela uma pessoa confiante, que olhava diretamente para as pessoas enquanto as envolvia numa conversa agradável.
 Era uma jovem vivaz e entusiasta, dona de um carisma penetrante.
Tinha a habilidade de atrair as pessoas muito facilmente.
 Era divertida e parecia uma estudante devotada da Bíblia, começou a frequentar uma certa igreja.
O número de membros na igreja de-repente  estava diminuindo, e pessoas que estavam se preparando para ocuparem cargos de liderança tinham saído  e  desistido.
 Para preencher o lugar deles, o pastor tinha de encontrar novos líderes a coisa ficava difícil.
Seu desespero aumentava a cada mês, com a diminuição dos dízimos e ofertas ara  pagar os custos da igreja.
Quando se conversava com a jovem ela expressava suas opiniões sobre como aumentar a assistência na igreja Dona de um aguçado tino empresarial, ela criou um esquema para colocar a igreja numa posição de domínio. Com o tempo, ela foi se tornando cada vez mais influente na igreja e passou a liderar um grupo de estudo bíblico para mulheres.
 Ao mesmo tempo,  seu Nelson pastor, sentia-se intrigado com as convicções daquela jovem.
Ela parecia ter uma profunda experiência com o Espírito.  No entanto, parecia que um "espírito das trevas" lhe dizia para fazer coisas estranhas, algumas das quais já tinham resultado em práticas imorais.
 A despeito disso, Nelson e sua esposa gostavam da companhia da jovem. Reconhecendo seu potencial, os dois se encontravam com ela com freqüência e até tentavam ser seus mentores. Enquanto eles depositavam grande esperança naquela mulher, as jovens da igreja começaram a se aproximar dela cada vez mais.
 Enquanto a influência dela crescia, a influência de Nelson o pastor,  parecia diminuir.
Como um pneu com vazamento, lentamente a igreja estava esvaziando murchando.
Então, a esposa de Nelson começou a sofrer de várias enfermidades, e sua mente se encheu de fantasias sexuais.
Para complicar mais as coisas, o ambiente amigável entre os líderes se tornou um ambiente de divisão, e os grupos pequenos, que antes eram vibrantes, começaram a morrer.
 Um o pastor telefonou para um amigo e pediu ajuda.
Quando oraram e buscaram a Deus, tiveram um sonho que os permitiu enxergar através da cortina de fumaça do inimigo.
O amigo-lhe falou do sonho,e o que Deus tinha mostrado, e ele confirmou.
 Mesmo assim,o pastor a esposa pareciam divididos.
Esmagados pela indecisão e pela confusão, continuaram dando à jovem mais responsabilidade, liderança e autoridade dentro da igreja.
 Eles admitiram que ocasionalmente ela recebia conselhos de um "espírito guia".
Mesmo assim, eles a amavam e queriam ajudá-la.
O que deviam fazer?
UMA ALIANÇA PROFANA .
O que acabamos de ler,chama-se aliança profana..
Um relacionamento que permitia alcançar objetivos, apesar de estar consciente de que a pessoa deliberadamente continua a pecar.
Além do mais, na Bíblia fica muito claro que Deus não aprova que tais pessoas ocupem posições de liderança na igreja.
Embora o pastor e sua esposa justificassem a decisão de não afastar aquela jovem da liderança "pelo bem da igreja e do Reino", o Reino ficava comprometido com aquele arranjo profano, e, no final, a igreja deles iria sofrer.
LEALDADES DIVIDIDAS .
Uma situação similar ocorreu com Onri, o sexto rei de Israel.
 Queria assegurar e ampliar seu reino, ele forjou uma aliança profana por meio do casamento de seu filho Acabe com uma jovem estrangeira, chamada Jezabel.
 Essa aliança criou um vínculo político entre Israel e Tiro.
O casamento destinava-se a selar um tratado de paz entre as duas potências; no entanto, tal aliança provou ser uma concessão que custou muito caro.
Cerimonialmente, foi exigido que Israel seguisse os protocolos religiosos e políticos da nova esposa de Acabe.
 Isso significou o naufrágio de toda a nação de Israel na idolatria. 
Portanto, por meio do seu plano de ampliar seu reino, Onri, na verdade, colocou Israel num caminho perigoso.
Sua necessidade de construir uma nação gloriosa cegou-o para as conseqüências da quebra da lei.
 Ao concordar em aceitar uma rainha estrangeira, Acabe conscientemente violou os mandamentos de Deus.
Ao que parece, ele justificou a ação em sua própria mente, mas o Senhor o condenou como tendo se vendido para fazer o que era mau (1 Rs 21.25).
Além da participação zelosa nos cultos depravados de Baal, uma aliança política oficialmente endossaria as crenças religiosas, idolatras e imorais, de Jezabel, forçando-as sobre todos os israelitas. A História mostra que foi exatamente o que aconteceu. Jezabel levou suas práticas religiosas abomináveis para Israel.
Ela ordenou que ídolos de pedra fossem colocados nos lugares altos e também erigiu um altar no Templo santo de Deus.
Se não tivesse feito mais nada, somente esse ato já teria provocado a indignação e a ira de todos os profetas de Israel.
Assim, Jezabel trocou o santo pelo profano 2 Reis9.22.
 A Bíblia também indica que ela era prostituta e adúltera, bem como praticante de bruxaria .
 Jezabel tinha características de personalidade que envolviam manipulação, controle, perversão sexual e idolatria.
Algumas conclusões surpreendentes podem ser tiradas sobre uma mulher que provoca tal ira no coração do Senhor.
 Creio que um espírito maligno motivava suas ações e lhe concedia uma ampla influência.
Também creio que a influência desse espírito permanece até os nossos dias e que jamais foi totalmente erradicado da Igreja.
 Pelo contrário, tem recebido um reinado profano.
 Quando nos aproximamos do final dos tempos, esse espírito demoníaco parece se entrincheirar mais e mais nas igrejas.
O nome Jezabel é de origem fenícia e significa "descasada".
 Embora ela fosse casada, sua insubmissão e infidelidade conjugal mostravam que para ela o casamento não significava nada.
Embora o matrimônio seja um símbolo de respeito mútuo e submissão, Jezabel não se submetia a ninguém.
Pelo contrário, exigia que todos se submetessem a ela.
 Seu casamento era meramente uma aliança política que lhe permitiu ser não somente uma rainha, mas, em essência, um rei atuante!
Jezabel tinha as respostas para todos os problemas do rei.
DIVA MORTAL.
  Jezabel aprendeu a arte do engano com seu pai, Etbaal, cujo nome significa "semelhante a Baal". Ele chegou ao trono por meio do complô e do assassinato.
Assim, a tendência de Jezabel para o assassinato tinha raízes genealógicas.
 Tirar a vida de alguém para alcançar seus objetivos era algo comum para ela. Jezabel aparece pela primeira vez durante o reinado de Acabe, rei de Israel, em 869-850 a.C. (1 Rs 16.31).
Acabe não foi o único a sucumbir diante das perversões de Jezabel.
Seus filhos também foram profundamente influenciados por ela.
Acazias, seu filho, cometeu os mesmos pecados que ele (1 Rs 22.51-53).
Outro filho, Jorão, foi morto por Jeú, rei de Israel, como punição por todas as coisas que seus pais tinham feito aos profetas de Deus (2 Rs 9.24-26).
A filha de Acabe e Jezabel, Atalia, tornou-se rainha de Judá.
 Assim como sua mãe, ela procurou um marido fraco frouxo, a fim de poder continuar com suas práticas malignas (2 Rs 8.25-27).
 Como resultado, Acazias, seu filho que tinha o mesmo nome que seu irmão e que pode ter sido fruto de incesto , fez o que era mau aos olhos do Senhor.
Mãe e filho, bem como os outros 70 filhos de Acabe e suas famílias, foram mortos pelas mãos de Jeú. Jezabel não era uma mulher comum. 
Tinha uma queda para a dramaticidade.
Cada ação sua e cada palavra que dizia demonstravam uma atitude passional e descontrolada.
Sua aparência intimidava, uma rosa com espinhos afiados como punhais.
Era uma figura impossível de ser ignorada, porque ignorá-la podia significar a morte.
A forma como Jezabel saudou Jeú do alto da janela foi mais do que um "olá" casual.
Ela se maquiou e vestiu a roupa mais sensual que encontrou.
Ela planejou uma manobra de sedução para conquistar Jeú, o décimo rei de Israel (2 Rs 9.6), convidando-o a fazer aliança com ela talvez como seu próximo marido.
 Se nada disso funcionasse, queria pelo menos intimida-lo.
Jezabel era uma força dominante em Israel.
Se Jeú não tivesse ordenado que fosse atirada pela janela, ela teria usurpado o reino para si. Entretanto, Jeú cumpriu bravamente a tarefa que recebera do Senhor de  erradicar a casa de Acabe (2 Rs 9.7).
Nesses dias, Deus está chamando os pastores do mundo todo. 
Como eles responderão?
Como Jeú ou como Acabe?
PAZ A QUALQUER PREÇO.
 O espírito de Acabe simboliza a abdicação da autoridade ou, pelo menos, a autoridade passiva. 
Ele se apresenta como uma mentalidade que evita os confrontos e não assume os erros.
O espírito de Acabe adora a posição que ocupa e teme o confronto.
Alguém com este espírito prefere promover a paz a qualquer custo, mesmo que seja forçado a formar alianças profanas.
Um indivíduo sob a influência do espírito de Acabe fará, muitas vezes, concessões em vez de alianças, dessa forma se prostituindo, em vez de santificar o relacionamento.
 Como podemos fazer concessões a alguém que deseja destruí-lo nos?
 O espírito de Acabe sempre está disposto a sacrificar o futuro a fim de obter a vitória no presente. Trabalhando em equipe, os espíritos de Acabe e Jezabel silenciosamente formam um relacionamento de interdependência.
 Existe uma necessidade mútua, e um cuida do outro a fim de alcançarem seus objetivos, como numa simbiose.
 Um pastor influenciado pelo espírito de Acabe precisará da ajuda de alguém com o espírito de Jezabel, a fim de manter sua posição e fortalecer sua base.

7 comentários:

  1. Ela está infiltrada em algumas congregações.

    ResponderExcluir
  2. Infelizmente a maioria das igrejas estão assim. Começando pela sensualidade das jovens e mulheres.... Muita prostituição encoberta nas igrejas.

    ResponderExcluir
  3. Ainda q exista muitas jezabels dentro das igrejas do Sr,para corromper os bons costumes.Existem tambem os remanecentes do Sr para jogar ela por terra,p a gloria do Sr!

    ResponderExcluir
  4. Mas e ai? Vcs começaram a contar a vida dum pastor e nao deu o final desses pastores com a moça.

    ResponderExcluir
  5. É só parte do que acontece Jisa em algumas igrejas. Divulgue nosso site
    trabalhamos aqui sem fins lucrativos .

    ResponderExcluir

Responderemos a todos sempre que necessário.Obrigado pela visita ao site.

Como Será Os últimos Dias ? A Vinda De Cristo.

Várias expressões na Bíblia Aponta para os tempos finais desse sistema antes da volta de Jesus. Muitas vezes chamamos de os últimos dias, úl...