WhatsApp

Translate

COMO ACONTECEU O PRIMEIRO PECADO ?


A QUEDA Gn 3.6 a 13.
 Na Carta aos Romanos, Paulo afirma que toda a humanidade está por natureza sob a culpa e o poder do pecado, sob o reino da morte e sob a inescapável ira de Deus (Rm 1.18-19; 3.9,19; 5.17,21 ).
Ele relaciona a origem desse estado ao pecado de um homem,Adão e, que ele descreve como nosso ancestral comum,e não um macaco como dizem os evolucionistas,(At 17.26; Rm 5.12-14; cf. 1Co t5.22).
Paulo, como apóstolo, deu sua interpretação.Na história registrada em Gn 3, encontramos a narrativa da queda, a desobediência humana original, que afastou o homem de Deus e da santidade, e lançou-o no pecado e na perdição. Os principais pontos dessa história, vista pelas lentes da interpretação de Paulo, são:
1. Deus fez do primeiro homem o representante de toda a sua posteridade, exatamente do mesmo modo como faria de Cristo o representante de todos os eleitos de Deus (Rm 5.15-19; cf. 8.29-30; 9.22-26).
Em ambos os casos, o representante envolveu aqueles a quem representou nos resultados de sua ação pessoal, quer para o bem (no caso de Cristo), quer para o mal (no caso de Adão). Esse arranjo divinamente estabelecido, pelo qual Adão determinou o destino de seus_ descendentes,tem sido chamado de a "aliança das obras", ainda que essa frase não ocorra nas Escrituras.
 2. Deus colocou Adão num estado de felicidade e prometeu a ele e a sua posteridade confirmá-los nesse estado permaanentemente se, nesse estado, Adão mostrasse fidelidade, obedecendo ao mandamento de Deus, não comendo da árvore descrita como a "árvore do conhecimento do bem e do mal" (Gn 2.17).
Aparentemente, a questão era se Adão aceitaria Deús determinar oque era bom ou mal ou se procuraria decidir isso por si mesmo, independentemente do que Deus lhe tinha dito.
3. Adão, levado por Eva- que por sua vez foi induzida pela serpente (Satanás disfarçado, 2 Co 11.3,14; Ap 12.9)-afrontou a Deus comendo do fruto proibido. Como conseqüência, primeiro de tudo, a disposição mental que se opõr a Deus e se engrandece a si mesmo, expressa no pecado de Adão, tomou-se parte dele e da natureza moral que ele transmitiu aos seus descendentes (Gn 6.5; Rm 3.9-20).
Em segundo lugar, Adão e Eva foram dominados por um senso de profanação e culpa que os levou ater vergonha emedo de Deus - com justificada razão. Em terceiro lugar, eles foram amaldiçoados com expecta- ção de sofrimento e morte eforam expulsos do Éden. Ao mesmo tempo, contudo, Deus começou amostrar-lhes graça salvadora.
Fez para eles vestimenta para cobrir sua nudez e prometeu-lhes que, um dia, a semente da mulher esmagaria a cabeça da serpente. Essa promessa prenunciou a Cristo.
Ainda que essa história, de certo modo, seja contada em estilo figurado, o Livro de Gênesis pede-nos que a leiamos como história.
 No Gênesis, Adão está ligado aos patriarcas e, através deles, por genealogia, ao resto da raça humana (caps. 5; 10-11), fazendo dele uma parte da história, tanto quanto Abraão, !saque e Jacó.
Todas as principais personalidade do Livro de Gênesis, depois de Adão-exceto José- são mostradas claramente como pecadoras de um modo ou de outro, e a morte de José, como a morte de quase todos os outros na história, é cuidadosamente registrada (Gn 50.22-26). A afirmação de Paulo: "em Adão, todos morrem" (1 Co 15.22) só toma explícito aquilo que o Gênesis já deixa claramente implícito. razoável afirmar que a narrativa da queda sozinha dá uma explicação convincente para a perversão da natureza humana.
Já-se disse que a doutrina do pecado original parece uma ofensa à razão, porém, uma vez aceita, dá sentido total à condição humana livre. Desobedeceu e ponto.Transmitiu a morte a su posteridade

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Responderemos a todos sempre que necessário.Obrigado pela visita ao site.

Como Será Os últimos Dias ? A Vinda De Cristo.

Várias expressões na Bíblia Aponta para os tempos finais desse sistema antes da volta de Jesus. Muitas vezes chamamos de os últimos dias, úl...