WhatsApp

Translate

Lição EBD BETEL LIÇÃO ESTUDOS (10) COMENTÁRIO; Pr Joabes Rogrigues Do Rosário, 4º trimestre/BÍBLIA JESUS É A INFALIVEL REVELAÇÃO DE DEUS.


   
Lição EBD BETLA (10) COMENTÁRIO; Pr Joabes Rogrigues Do Rosário, 4º trimestre/BÍBLIA É A INFALIVEL REVELAÇÃO DE DEUS.
                                                    
                             TEXTO ÁUREO
A tua palavra é a verdade desde o princípio, e cada um dos teus juízos dura para sempre.
Salmos 119:160.
                          Verdade Aplicada;
Os equívocos encontrados até agora de cópias ou traduções da Bíblia, não acarretam nenhuma contradição doutrinária até o momento, e também não invalidam a revelação de Deus para nós humanos.
                         OBJETIVOS DA LIÇÃO;
1 - Contestar aparentes erros das Escrituras Sagradas.
2 - Refutar aparentes contradições da Bíblia
3 - Enfatizar a linguagem bíblica
                        Texto de referencia
Oh! quanto amo a tua lei! É a minha meditação em todo o dia.
Tu, pelos teus mandamentos, me fazes mais sábio do que os meus inimigos; pois estão sempre comigo. Tenho mais entendimento do que todos os meus mestres, porque os teus testemunhos são a minha meditação. Entendo mais do que os antigos; porque guardo os teus preceitos.
Desviei os meus pés de todo caminho mau, para guardar a tua palavra.
Não me apartei dos teus juízos, pois tu me ensinaste. Salmos 119:97-102
                               íntrodução;
1 - Aparentes erros da Bíblia.
2 - Aparentes contradições da Bíblia
3 - Linguagem bíblica
A bíblia não é um livro qualquer:
Ela é a infalível palavra de Deus. Há erros e contradições na Bíblia? Os erros não se acham na revelação de Deus, mas nas limitações humanas dos copistas, ao passo que a palavra de Deus é inerrante e infalível.
1 - Aparentes erros da Bíblia.
Não se deve rejeitar ou criticar as escrituras sagradas nem em partes nem em sua totalidade, pois na maioria dos casos de supostos erros ou aparentes contradições, que não comprometem em nada o texto sagrado Há sempre uma solução e explicação para estes casos fictícios ao texto sagrado.
1.1 - Erros das cópias dos originais das Sagradas Escrituras

Somente os textos originais foram inspirados por Deus. Podemos então confiar nas cópias dos originais ?
Sim podemos. Pois as cópias tinha o muitíssimo cuidado de que fossem ao serem elaboradas. Erros até hoje encontrados, não comprometem em nada o entendimento dos textos, visto que eles se limitam a nomes e números.
1.2 -  Aparentes contradições na Bíblia estão relacionadas a datas.
Um exemplo disso é o fato de Israel ter usado um calendário civil e um sagrado. Sabe-se que o ano civil começava no outono com o mês de (Tishri), enquanto o ano sagrado começava em (Nisã) ou (Abide),
Quando há discordância entre dois escritores, quanto as datas de um  evento, a aparente discordância pode ser resolvida ao se descobrir qual calendário está sendo usado. 
1.3 Aparentes erros ao se mencionar números.
Temos um exemplo de uma aparente contradição quando examinamos o texto que relata o senso de Israel em ;
E Joabe deu ao rei a soma do número do povo contado; e havia em Israel oitocentos mil homens de guerra, que arrancavam da espada; e os homens de Judá eram quinhentos mil homens. 2 Samuel 24:9.

( Homens em Israel 8000.000,  homens em Judá 500.00).
Só que no texto de 2 crônicas.
E Joabe deu a Davi a soma do número do povo; e era todo o Israel um milhão e cem mil homens, dos que arrancavam da espada; e de Judá quatrocentos e setenta mil homens, dos que arrancavam da espada. Porém os de Levi e Benjamim não contou entre eles, porque a palavra do rei foi abominável a Joabe. 1 Crônicas 21:5,6.
Conforme comentário na Bíblia de estudo apologia cristã, o registro do livro de Crônicas, conforme referencia acima, inclui 288.000 homens do exército regular de Israel, e não dos que tinham condições de guerrear.
1 Crônicas 27:1-15; Estes são os filhos de Israel segundo o seu número, os chefes dos pais, e os capitães dos milhares e das centenas, com os seus oficiais, que serviam ao rei em todos os negócios das turmas que entravam e saíam de mês em mês, em todos os meses do ano; cada turma de vinte e quatro mil. Sobre a primeira turma do primeiro mês estava Jasobeão, filho de Zabdiel; e em sua turma havia vinte e quatro mil. Era este dos filhos de Perez, chefe de todos os capitães dos exércitos, para o primeiro mês, E sobre a turma do segundo mês estava Dodai, o aoíta, com a sua turma, cujo líder era Miclote; também em sua turma havia vinte e quatro mil. O terceiro capitão do exército, para o terceiro mês, era Benaia, filho de Joiada, chefe dos sacerdotes; também em sua turma havia vinte e quatro mil. Era este Benaia valente entre os trinta, e sobre os trinta; e na sua turma estava Amizabade, seu filho. O quarto, do quarto mês, era Asael, irmão de Joabe, e depois dele Zebadias, seu filho; também em sua turma havia vinte e quatro mil. O quinto, do quinto mês, Samute, o israíta; também em sua turma havia vinte e quatro mil. O sexto, do sexto mês, Ira, filho de Iques, o tecoíta; também em sua turma havia vinte e quatro mil. O sétimo, do sétimo mês, Helez, o pelonita, dos filhos de Efraim; também em sua turma havia vinte e quatro mil. O oitavo, do oitavo mês, Sibecai, o husatita, dos zeraítas; também em sua turma havia vinte e quatro mil. O nono, do nono mês, Abiezer, o anatotita, dos benjamitas; também em sua turma havia vinte e quatro mil. O décimo, do décimo mês, Maarai, o netofatita, dos zeraítas; também em sua turma havia vinte e quatro mil. O undécimo, do undécimo mês, Benaia, o piratonita, dos filhos de Efraim; também em sua turma havia vinte e quatro mil. O duodécimo, do duodécimo mês, Heldai, o netofatita, de Otniel; também em sua turma havia vinte e quatro mil. 1 Crônicas 27:1-15. Isso arredondou o total em relação as contradições dos homens de Judá.Conforme referencia citada pode ser um arredondamento do numero de 2 Samuel em questão. No comentário ainda afirma que é possível que os números tenham sidos alterados por erro do copista em uma ou mais tradição manuscritas antigas.Bíblia de estudo Apologia Cristã.
                              2. Aparentes contradições.
Não se pode afirma que é contradições quando não se tem respostas para determinados assuntos que estamos estudando. O  significado do texto nunca muda mas o nossa compreensão pode mudar.
. E muito embora a palavra seja perfeita, (A lei do Senhor é perfeita, e refrigera a alma; o testemunho do Senhor é fiel, e dá sabedoria aos símplices. Salmos 19:7) enquanto tiverem seres humanos imperfeitos teremos dificuldades de interpretação dos textos sagrados.Na verdade nenhum relado

2. 1 - Temos diferentes narrações para um mesmo facto.
Quando duas ou mais narrações forem divergentes para um mesmo facto, não significa que são contraditórias .Mateus diz junto ao túmulo de Jesus (Mas o anjo, respondendo, disse às mulheres: Não tenhais medo; pois eu sei que buscais a Jesus, que foi crucificado. Mateus 28:5.) João viu dois ( E viu dois anjos vestidos de branco, assentados onde jazera o corpo de Jesus, um à cabeceira e outro aos pés. João 20:12).
Primeiro ; Mateus não disse apenas um anjo, ele apenas concentra a atenção no anjo que falou, quando na verdade tinha mesmo dois.Terceiro joão se referia a quantidade de anjos enquanto que sem falar sobre o que falou.
2.2 - Citações do Antigo Testamento pelo Novo Testamento.
Uma citação de texto não tem que ser igual a de referencia. Não temos as mesmas palavras, desde que sejam os mesmos assuntos. Além do que é normal uma citação repetir apenas partes da informação informação. vemos em .   (Lucas 4:18,19 ;  O Espírito do Senhor é sobre mim, Pois que me ungiu para evangelizar os pobres. Enviou-me a curar os quebrantados de coração,
A pregar liberdade aos cativos, E restauração da vista aos cegos, A pôr em liberdade os oprimidos, A anunciar o ano aceitável do Senhor. que é a citação de Isaías  61.1.2) e não a totalidade.
2.3.- A revelação Divina é progressiva e não se contradiz
Deus não revela tudo de uma só vês, nem determina sempre as mesmas condições par todos períudo de tempo. Portanto algumas das suas revelações vão sobrepor as afirmações anteriores. Tivemos um período sobre a lei que Deus ordenou que animais fossem sacrificados pelos pecados do povo. Entretanto desde que Cristo morreu no calvário, conforme (Hebreus 10:11-14)  E assim todo o sacerdote aparece cada dia, ministrando e oferecendo muitas vezes os mesmos sacrifícios, que nunca podem tirar os pecados. Mas este, havendo oferecido para sempre um único sacrifício pelos pecados, está assentado à destra de Deus, Daqui em diante esperando até que os seus inimigos sejam postos por escabelo de seus pés. Porque com uma só oblação aperfeiçoou para sempre os que são santificados).então este mandamento não está mais em vigor nos nossos dias.
Conforme o livro do (Gêneses 1.29; E disse Deus: Eis que vos tenho dado toda a erva que dê semente, que está sobre a face de toda a terra; e toda a árvore, em que há fruto que dê semente, ser-vos-á para mantimento). Era ordenado comer apenas vegetais, e depois do dilúvio o cardápio incluía também carnes. ver (Gêneses 9.3 Tudo quanto se move, que é vivente, será para vosso mantimento; tudo vos tenho dado como a erva verde).
Eram ordens progressivas mais em tempos diferentes. O que nós não podemos é tirar o texto do seu contexto e aplicá-los de outra maneira ao nosso bel prazer. Podemos afirmar que no que tange a sua natureza imutável, Deus nunca mudou.
                                3 - A linguagem bíblica
A Bíblia fora escrita par ser interpretada por pessoas simples de todos os tempos, inclusive para povos que viveram antes dos avanços científicos dos nossos tempos. Ela foi escrita por humanos mas foi inspirada por Deus. Sua linguagem é simplificada e sem dificuldades de entendimentos. Temos vários livro escrito no estilo poético Jó Salmos Provérbios, e os evangelhos estão cheios de parábolas e comparações, para melhor entendimento dos leitores.
As cartas paulinas cheias de alegorias, metáforas, os autores não erraram ao escreverem assim, mas nos erramos ao tomar figuras de linguagem na forma literal.
                          3.1 O sol se deteve e a lua parou
"O sol se deteve e alua parou" Segundo Abraão de Almeida um dos nossos colaboradores deste trabalho, este relato no livro de Josué é um dos casos apresentados pelos leitores superficiais da Bíblia como algo anticientífico.
Por afirmar que o sol gira em torno da terra. Mas é preciso entender a abordagem do texto, pois é usada uma linguagem comum referindo se as coisa comuns como alguém já descreveu;  Assim na real não foi o sol que parou, o que aparenta ter ocorrido foi a providencia de Deus  com a resposta a oração do homem de Deus  Josué. Cientistas do mundo todo se intrigam com isso até hoje. Só não critica quem crê em milagre. (Josué 1.15).
3 - 2  A linguagem utilizada pela Bíblia nas genealogias.
É comum nas genealogias citar nome de um ancestral, como sendo pai de uma determinada pessoa. Isso significa que é filho no sentido de "descendente", não um filho legitimo. Vemos que Davi viveu mil anos antes de Jesus, e Jesus é chamado de filho de Davi.( Mateus 12.23  E toda a multidão se admirava e dizia: Não é este o Filho de Davi)?
Mas José pai adotivo de Jesus também foi chamado de filho de Davi com o mesmo significado; (E, projetando ele isto, eis que em sonho lhe apareceu um anjo do Senhor, dizendo: José, filho de Davi, não temas receber a Maria, tua mulher, porque o que nela está gerado é do Espírito Santo;
Mateus 1:20).
                         3.3 - Nomenclatura bíblica
Podemos encontrar na Bíblia nomes diferentes para se referir a uma mesma pessoa ou lugar, bem como nome igual para pessoas diferentes, neste caso temos de examinar mais a miúde o contesto. Vemos alguns exemplos;
(Reuel e Jetro Ex 2.18 e Jetro Ex 3.1) (Neemias; Ed 2.2 e Neemias 1.1) (Horebe Ex 33.6 e Sinai Ex 34.2).
A Bíblia tem resistido os ataques dos críticos por mais de vinte séculos e continua intacta.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Responderemos a todos sempre que necessário.Obrigado pela visita ao site.

Como Será Os últimos Dias ? A Vinda De Cristo.

Várias expressões na Bíblia Aponta para os tempos finais desse sistema antes da volta de Jesus. Muitas vezes chamamos de os últimos dias, úl...