COMO SERÁ A SEGUNDA VINDA DE CRISTO.



A SEGUNDA VINDA DE CRISTO. 
É fato a sua vinda. 
O fato da segunda vinda de Cristo é mencionado mais de 300  vezes no Novo Testamento. Paulo refere-se ao evento umas  cinqüenta vezes. 
 Alguém já disse que a segunda vinda é mencionada oito  vezes mais do que a primeira. Epístolas inteiras (Cl e 2Tess.) e  capítulos inteiros (Mat. 24, Mat. 13) são dedicados ao assunto.  Sem dúvida, é uma das doutrinas mais importantes do Novo Testamento.
A maneira de sua vinda.  
Será de maneira pessoal (João 14:3; Atos 1:10,11; 1Tess. 4:16; Apo. 1:7; 22:7: 
E quando eu for, e vos preparar lugar, virei outra vez, e vos levarei para mim mesmo, para que onde eu estiver estejais vós também.  E, estando com os olhos fitos no céu, enquanto ele subia, eis que junto deles se puseram dois homens vestidos de branco. Os quais lhes disseram: Homens galileus, por que estais olhando para o céu? Esse Jesus, que dentre vós foi recebido em cima no céu, há de vir assim como para o céu o vistes ir. Porque o mesmo Senhor descerá do céu com alarido, e com voz de arcanjo, e com a trombeta de Deus; e os que morreram em Cristo ressuscitarão primeiro.  Eis que vem com as nuvens, e todo o olho o verá, até os mesmos que o traspassaram; e todas as tribos da terra se lamentarão sobre ele. Sim. Amém.  Eis que presto venho: Bem-aventurado aquele que guarda as palavras da profecia deste livro). 
 Literal para a igreja militante e de surpresa (1Tess. 4:16, 17; Mateus 24:46-51, 1 Coríntios 15:13-18 , 1 Coríntios 15:21-23).
Porque o mesmo Senhor descerá do céu com alarido, e com voz de arcanjo, e com a trombeta de Deus; e os que morreram em Cristo ressuscitarão primeiro. Depois nós, os que ficarmos vivos, seremos arrebatados juntamente com eles nas nuvens, a encontrar o Senhor nos ares, e assim estaremos sempre com o Senhor. E, se não há ressurreição de mortos, também Cristo não ressuscitou. E, se Cristo não ressuscitou, logo é vã a nossa pregação, e também é vã a vossa fé. E assim somos também considerados como falsas testemunhas de Deus, pois testificamos de Deus, que ressuscitou a Cristo, ao qual, porém, não ressuscitou, se, na verdade, os mortos não ressuscitam. Porque, se os mortos não ressuscitam, também Cristo não ressuscitou. E, se Cristo não ressuscitou, é vã a vossa fé, e ainda permaneceis nos vossos pecados. E também os que dormiram em Cristo estão perdidos. Porque assim como a morte veio por um homem, também a ressurreição dos mortos veio por um homem. Porque, assim como todos morrem em Adão, assim também todos serão vivificados em Cristo. Mas cada um por sua ordem: Cristo as primícias, depois os que são de Cristo, na sua vinda.
Bem-aventurado aquele servo que o seu senhor, quando vier, achar servindo assim. Em verdade vos digo que o porá sobre todos os seus bens. Mas se aquele mau servo disser no seu coração: O meu senhor tarde virá; E começar a espancar os seus conservos, e a comer e a beber com os ébrios, Virá o senhor daquele servo num dia em que o não espera, e à hora em que ele não sabe,
E separá-lo-á, e destinará  sua parte com os infiéis.
Aqui é a igreja o arrebatamento será num piscar de olhos. Isso significa que as pessoas que morreram crendo que o evangelho de cristo pertencendo a igreja Ele  os salvou. Serão ressuscitados do pó da terra.  depois começará o cumprimento da septuagésima semana profética de Daniel. Tempo em que a igreja se formou.
 (E depois das sessenta e duas semanas será cortado o Messias, mas não para si mesmo; e o povo do príncipe, que há de vir, destruirá a cidade e o santuário, e o seu fim será com uma inundação; e até ao fim haverá guerra; estão determinadas as assolações, Daniel 9:26).
O Messias foi tirado então, mataram Jesus e Ele ressuscitou ao terceiro dia. Ele ficou quarenta dias dando instruções aos discípulos.  partir daí a igreja começa a se preparar.
Com a volta de Jesus se dará ó encontro com todos os salvos do novo e Antigo Testamento tal como ele falou. É o chamado tribunal de Cristo. Haverá uma grande confraternização e ele mesmo servirá a sua igreja.
Porque todos devemos comparecer ante o tribunal de Cristo, para que cada um receba segundo o que tiver feito por meio do corpo, ou bem, ou mal, 2 Coríntios 5:10.
Na última ceia Disse.
E, tomando o cálice, e dando graças, deu-lho, dizendo: Bebei dele todos; Porque isto é o meu sangue, o sangue do novo testamento, que é derramado por muitos, para remissão dos pecados. E digo-vos que, desde agora, não beberei deste fruto da vide, até aquele dia em que o beba novo convosco no reino de meu Pai, Mateus 26:27-29.
Serão  sete anos na nossa contagem. Depois Ele retornara visivelmente para todos, pois a terra estará vivendo o apocalipse. Israel estará sendo atacado por muitas nações da terra por causa da sua fé, pessoas que professam o cristianismo estarão sendo mortas, então Ele virá para salvar Israel.
E, estando com os olhos fitos no céu, enquanto ele subia, eis que junto deles se puseram dois homens vestidos de branco.
Os quais lhes disseram: Homens galileus, por que estais olhando para o céu? Esse Jesus, que dentre vós foi recebido em cima no céu, há de vir assim como para o céu o vistes ir.  Eis que vem com as nuvens, e todo o olho o verá, até os mesmos que o traspassaram; e todas as tribos da terra se lamentarão sobre ele. Sim. Amém. E naquele dia estarão os seus pés sobre o monte das Oliveiras, que está defronte de Jerusalém para o oriente; e o monte das Oliveiras será fendido pelo meio, para o oriente e para o ocidente, e haverá um vale muito grande; e metade do monte se apartará para o norte, e a outra metade dele para o sul. E se alguém lhe disser: Que feridas são estas nas tuas mãos? Dirá ele: São feridas com que fui ferido em casa dos meus amigos. Mas sobre a casa de Davi, e sobre os habitantes de Jerusalém, derramarei o Espírito de graça e de súplicas; e olharão para mim, a quem traspassaram; e prantearão sobre ele, como quem pranteia pelo filho unigênito; e chorarão amargamente por ele, como se chora amargamente pelo primogênito.
Lhes serão conferida as feridas das mãos. (Atos 1:10,11 Apo. 1:7;  Zac. 12.10 -  13,6 - 14:4), 
Aqui é para Israel que não foi arrebatado antes. Ele vai aniquilar o poder do mau, e estabelecer a paz.
A igreja participará e estará governando com ele sobre as nações.
Não sabeis vós que os santos hão de julgar o mundo? Ora, se o mundo deve ser julgado por vós, sois porventura indignos de julgar as coisas mínimas? Não sabeis vós que havemos de julgar os anjos? Quanto mais as coisas pertencentes a esta vida? E Jesus disse-lhes: Em verdade vos digo que vós, que me seguistes, quando, na regeneração, o Filho do homem se assentar no trono da sua glória, também vos assentareis sobre doze tronos, para julgar as doze tribos de Israel. E destes profetizou também Enoque, o sétimo depois de Adão, dizendo: Eis que é vindo o Senhor com milhares de seus santos;
Para fazer juízo contra todos e condenar dentre eles todos os ímpios, por todas as suas obras de impiedade, que impiamente cometeram, e por todas as duras palavras que ímpios pecadores disseram contra ele, 1 Coríntios 6:2,3, Mateus 19:28, Judas 1:14,15
Há interpretações que procuram evitar a opinião de que a vinda de Cristo seja literal e pessoal, porém em duas etapas como já vimos
Alguns ensinam que a morte é  a segunda vinda de Cristo. 
Mas a Bíblia mostra que a segunda  vinda é o contrário da morte, pois os mortos em Cristo  ressuscitarão nessa ocasião. Com a morte iremos para Cristo, mas  na sua vinda ele virá para nos buscar. Certas passagens (Mat. 16:28; Fil. 3:20) perdem seu significado se substituíssemos morte  por segunda vinda. Finalmente, a morte é um inimigo que será vencido, enquanto a vinda de Cristo é a gloriosa esperança. 
Num momento, num abrir e fechar de olhos, ante a última trombeta; porque a trombeta soará, e os mortos ressuscitarão incorruptíveis, e nós seremos transformados. Porque convém que isto que é corruptível se revista da incorruptibilidade, e que isto que é mortal se revista da imortalidade. E, quando isto que é corruptível se revestir da incorruptibilidade, e isto que é mortal se revestir da imortalidade, então cumprir-se-á a palavra que está escrita: Tragada foi a morte na vitória.
Onde está, ó morte, o teu aguilhão? Onde está, ó inferno, a tua vitória?
1 Coríntios 15:52-55


FALAMOS SOBRE A SEGUNDA VINDA DE CRISTO. O MILENIO NO FINAL DOS TEMPOS? SALVAÇÃO DA ALMA? DESCOBRINDO SOBRE A ETERNIDADE. VEJA AQUI DOCUMENTÁRIOS.PLAYBACKS