Se quiser faça uma doação. Luiz S Santos. Administradores (Inf: +55 11941343232)

Quem Era Jó ? Jó Existiu Mesmo.


JÓ, O LIVRO DE: 
É provavelmente, o mais antigo dos livros da Bíblia. 
 Revela a cultura da época dos patriarcas. 
Não é uma alegoria; 
Jó é uma pessoa tão real como Noé e Daniel, sendo citado ao lado deles, Ez 14 14. 
Ê citado, também, como nm exemplo de paciência, que não seria provável se fosse uma pessoa fictícia, Tg 5.11. 
Ainda mais, todas as pessoas e lugares são mencionados de uma maneira que não se encontra em alegorias. 
Os primeiros dois capítulos e os últimos onze versículos são prosa.
 O resto permanece como “o maior poema na grande literatura do mundo.”
 O caráter literário do Livro de Jó inspirou o grande literato.
 Tomás Carlyle, a escreve: 
 “Este livro, seja qual for o juízo dos críticos sobre ele, é uma das mais grandiosas obras do Canon que se têm escrito.” 
 Vitor Hugo declarou: 
“O Livro de Jó é, provavelmente, a obra-prima da mente humana.” 
A autoria:
 Não se sabe quem o escreveu, se Eliú, se Moisés, ou se o próprio Jó. 
A chave: 
Provação, Jó 1.9-12. 
As divisões: 
I. Satanás prova a Jó, cap. 1.1 a 2.10. 
II. Jó e seus três amigos, caps. 2.11 a 31.40. 
III. A mensagem de Eliú, caps. 32 a 37. 
IV. 0 Senhor responde a Jó, caps. 38 a 42.6. 
V. Epílogo, caps. 42.7-17
Jó em Hebraico, quer dizer voltando sempre para Deus.
 Hostilizado Jó ou Job (em hebraico: אִיּוֹב; transl.: Iyyov; em árabe: أيّوب; transl.: Ayyūb‎), cujo nome significa voltado sempre para Deus, é um personagem do livro mais antigo da Bíblia. 
Isto é, o Livro de Jó do Antigo Testamento. 
De acordo com a tradição, teria vivido na terra de Uz, onde atualmente se encontra o paíz do Iraque. 
Não se sabe ao certo quando viveu, pela ausência de evidências e pela narrativa Bíblica.
Por causa do mesmo se apresentar mais como uma poesia épica do que um relato factual, sua existência como pessoa histórica é motivos de muitos debates principalmente entre rabinos interpretes do torá. 
O Livro siríaco "(Na Bíblia Hebraica)" viemos a saber que este Jó habitava na região de Austide (Em Us), nos confins entre a Induméia e a Arábia Saudita. 
Primeiramente chamava-se Jó, e tendo tomado por esposa uma mulher árabe, teve dela um filho chamado Henon, seu pai foi Zerá, neto de Esau descendendo assim, em quinto grau de Abraão Gênesis 36,33 e estes são os reis que reinaram em Hedon, país que foi governado também por ele. 
O primeiro foi Balac, filho de Beor, e sua capital chamava-se Denaba. 
Depois de Balac, reinou Jobab, que depois se chamou Job (Jó), e, depois deste Husam (Asom), que foi chefe da região de Temã. 
Depois dele, Adad filho de Barad, que foi o que derrotou os Medianitas no campo de Moab,e sua capital chamava-se Getaim Gn 36,31-35. 
Eis os amigos que foram o visitar: 
Elifaz de Temã (descendente de Esaú); 
Beldad de Chua, soberano dos Sabeus e Sofar de Naamã, rei dos mineus. 
Satanás interferiu na vida de Jó, resultando na sua tragédia de Jó. 
A perda instantânea de seus bens, de seus filhos e de sua saúde. 
Jó, porém, não blasfemou contra Deus, mas, ao invés disso, ele se levantou, rasgou o seu manto, rapou a sua cabeça e, lançando-se em terra, adorou ao Senhor; e disse: nu saí do ventre da minha mãe, e nu tornarei para lá. 
Deus me deu, e Deus tirou. 
Bendito seja o nome do Senhor (Jó 1, 20-21). 
Deus permitiu que Satanás ferisse Jó de úlceras malignas, desde a planta do pé até o alto da cabeça. (Jó 2, 7) .
Após a narração desses fatos, sucederam debates entre Jó e seus amigos (Elifaz, Bildad e Sofar) sobre a grandeza dos propósitos da divindade e sobre os mistérios da vida humana e sua culpabilidade. 
Ao final, Deus aparece a eles e repreende-os, e Jó fala: 
Antes eu Te conhecia de ouvir falar, mas agora meus olhos Te veem. 
E Deus virou a situação de Jó, enquanto ele orava pelos seus amigos, e o Senhor devolveu a Jó em dobro a tudo quanto antes possuía de bens materiais, além de vir a ter outros sete filhos e três filhas, as quais vieram a ser consideradas como as mais belas da época. 
E quanto a Jó, ele viveu cento e quarenta anos, e morreu velho e farto de dias.

Comentários