WhatsApp

Translate

OS JUDEUS SE CONVERTERÃO NA GRANDE TRIBULAÇÃO

OS JUDEUS SE CONVERTERÃO NA GRANDE TRIBULAÇÃO.

OS JUDEUS SE CONVERTERÃO NA GRANDE TRIBULAÇÃO.
Como resultado da intervenção divina, milagrosamente salvando Israel de certeiro extermínio, os judeus e as nações da terra reconhecerão que há um Deus que governa todas as coisas:
 "Manifestarei a minha glória entre as nações, e todas as nações verão o meu juízo, que eu tiver executado, e a minha mão, que sobre elas tiver descarregado. Desse dia em diante, os da casa de Israel saberão que eu sou o Senhor seu Deus" (Ez 39.21,22).
Isso resultará na conversão de muitos judeus e no derramamento do Espírito Santo conforme Joel 2.20, vemos o Senhor destroçando os exércitos invasores que vem do Norte, e no versículo.  Em Jl 2. 28, temos a promessa do derramamento do Espírito Santo.
Essa promessa cumpriu-se parcialmente no dia de Pentecoste (At 2.16,17).
 Foi o  cumprimento parcial da promessa do Espírito Santo.
 Por que dizemos parcialmente?
Por duas razões:
Primeiro, em Joel 2.20 fala de derramar "o" Espírito, o que significa um derramamento pleno;
já em Atos 2.17, a Palavra fala de derramar "do" Espírito, o que significa um ,derramamento parcial.
Ent são pequenas palavras que alteram grandes coisas.
No dia de Pentecoste, e desde então, não se cumpriram os sinais preditos de  Joel 2.30,31, os quais somente ocorrerão somente na durante a Grande Tribulação
(Ler Mateus 24.29; Atos 2.19,20; Apocalipse 6.12-14.).
 Haverá, portanto um grande derramamento espiritual entre os judeus, resultando em muitas conversões. (Ler Joel 2.31,32, atentando bem para a conjunção "e", que liga o versículo 31ao 32.)
"Então sereis atribulados e vos matarão.
 Sereis odiados de todas as nações, por causa do meu nome" (Mt 24.9).
Esta última referência é muito aplicada à Igreja por muitos pregadores icautos, mas ela diz respeito e  se trata de Israel nesse tempo, e daí para frente.
 O derramamento do Espírito Santo que teve início entre os judeus, no dia de Pentecoste, foi interrompido, mas, terá então pleno cumprimento, e precederá de fato o "dia do SENHOR" (At 2.17,20).
Os 144.000 israelitas salvos durante a Grande Tribulação.
 Esta obra começará nesse tempo.
 Serão selados pelo anjos de Deus.
 Esse selo, é certamente o que está descrito em Apocalipse 14.1.
 Esses 144.000 são os representantes das tribos.
 Certamente dentre eles sairão os missionários que levarão ao mundo a Palavra de Deus, conforme afirma a profecia de Isaías, em 66.19.
 Eles substituirão a Igreja na obra de testemunhar de Deus na era sobria do governo do anticristo.
Deus nunca ficou sem testemunho, nem mesmo durante a apostasia de Israel (1 Rs 19.19; Rm11.5).
 A mensagem que eles pregarão não é o Evangelho que conhecemos, mas o chamado evangelho do reino evangelho eterno (Mt 24.14), o qual anuncia a iminente volta do Senhor à Terra e o julgamento das nações impenitentes.
Esse nosso evangelho foi anunciado por João Batista e foi esse (Mt 3.2), por Jesus (At 4.23), e pelos doze apóstolos (Mt 10.7), mas como os judeus rejeitaram o Rei, o evangelho passou a ser anunciado a todas as nações gentias (Mt 28.19).
As palavras de Jesus em Mateus 10.23, sem dúvida referem-se a esse tempo em que os judeus pregarão o evangelho antes da sua volta.
Os pormenores do contexto da passagem em foco mostram tratar-se de eventos futuros:
"Quando, porém, vos perseguirem numa cidade, fugi para outra; porque em verdade vos digo que não acabareis de percorrer as cidades de Israel, até que venha o Filho do homem".  Então o  resultado do testemunho dos judeus durante a Grande Tribulação vê-se na enorme multidão salva dentre todas as nações, na época da Tribulação. (Ler Apocalipse 6.9-11; 7.9.) .
Os mensageiros de Deus sofrerão muito. (Ler Mateus 25.42,43.).
 O evangelho do reino é constituído de ensino, pregação, e milagres (Mt 4.23).
 Logo, haverá muitos milagres.
Muita gente fica chocada por não ver despertamento espiritual em Israel atualmente.
Ora, a Bíblia revela que primeiro virá o despertamento nacional, político.
 Isso está acontecendo perante nossos olhos. (Ler Ezequiel 37.1-8.)
 Depois virá o despertamento espiritual. (conforme  Ezequiel 37.9-14.)
Predominância de uma confederação de nações
No dia 23 de maio de 1957, um tratado foi assinado em Roma, que sem dúvida foi o primeiro passo do cumprimento da antiga profecia de Daniel sobre a existência da futura confederação de nações, como última forma de expressão do poder gentílico mundial.
A profecia está no capítulo 2, e repetida no capítulo 7 de Daniel.
No Apocalipse ela é também vista a partir do capítulo 13.
Esse tratado teve vigência a partir de 1 de abril de 1958.
O seu objetivo fundamental é a unificação da Europa mediante a formação dos Estados Unidos da Europa.
Os seis membros fundadores foram Itália, França, Alemanha Ocidental, Holanda, Bélgica e Luxemburgo.
 Novos membros foram mais tarde admitidos.
 Outros estão aguardando admissão.
Essa coalização de nações a ser formada, segundo a profecia, na área geográfica do antigo Império Romano, está de acordo com Daniel 2.33,41-44; 7.7,8,24,25; Ap 13.3,7; 17.12,13.
Não se trata de uma restauração literal e total do antigoImpério Romano, tal como ele existiu, mas de uma forma de expressão final dele, pois, conforme a palavra profética em Daniel 2.34, a pedra feriu a estátua nos pés, não nas pernas.
As duas pernas representam o Império Romano dividido em dois, fato que teve lugar em 395 d.C.
 O Império Ocidental, com sede em Roma e o Oriental, com sede em Constantinopla vc que estuda sabe disso.
Foi nessa condição que ele deixou de existir  como duas pernas.
 O Império Ocidental caiu em 476, e o Oriental, em 1453 d.C. A profecia bíblica destaca: "As pernas de ferro; os pés em parte de ferro, em parte de barro" (Dn 2.33).
 O Império Romano sob a forma das duas pernas, da profecia, já ocorreu, mas sob a forma de dez dedos dos pés (artelhos), nunca existiu.
 Está claro que Daniel 2.41-44 ainda não se cumpriu.
Não é o caso dos versículos 32-40 que já pertencem à história.
 Basta ler os versículos 40 e 41 para se notar que entre eles há um hiato de tempo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Responderemos a todos sempre que necessário.Obrigado pela visita ao site.

Como Será Os últimos Dias ? A Vinda De Cristo.

Várias expressões na Bíblia Aponta para os tempos finais desse sistema antes da volta de Jesus. Muitas vezes chamamos de os últimos dias, úl...